US - R$ 4,13

×

Chuva e acidentes em Manaus complica volta para casa

A chuva castigou a capital o dia inteiro e deixou como resultado destruição pela cidade e um trânsito caótico no fim do dia

A chuva que castigou Manaus durante toda esta quarta-feira, 15, causou congestionamento generalizado no trânsito em todas as zonas e travou o a cidade no fim do dia. Diversas ocorrências foram registradas pelos Instituto de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), entre as mais graves, a avenida Humberto Caldeiraro precisou ser interditada por risco de tombamento de um poste.

De acordo com informações do Manaustrans, um caminhão empilhadeira acabou batendo em um poste em frente a um supermercado. A via precisou ser interditada por conta do poste ainda estar energizado. O trânsito lento no local refletiu em outras áreas, que também apresentaram congestionamento, como nas avenidas Mário Ipiranga, Constantino Nery e Djalma Batista.

A partir do momento da interdição, a previsão das autoridades era que a via só fosse liberada 3 horas depois, até que uma vítima que estava dentro de um veículo de pequeno porte atingido pela poste, fosse retirada, o sistema de energia fosse desligado e o material removido com segurança.

A lentidão nas ruas prejudicou principalmente a volta para casa, aumentando o tempo que o condutor levaria no trânsito. “Eu costumo fazer um trajeto do meu trabalho que fica no São Jorge, até a Cidade Nova onde moro, em uma hora. Hoje já tô com quase duas horas e cheguei na metade do caminho. Ta um caós o trânsito”, relatou o contador Charles Menezes.

A Defesa Civil Municipal registrou onze ocorrências pela Central de Emergência do 191 nesta quarta-feira. De acordo com o pluviômetro da região, havia chovido 86,2 mm de média para a capital até às 18h desta quarta.

Faça um comentário