US - R$ 4,13

×

‘Ela Pode Empreender’ reúne 500 mulheres em oficinas e palestras

Com ações em todo o país, Rede Mulher Empreendedora inscreve até esta sexta-feira, 23, para evento de empreendedorismo feminino na edição manauara

O Programa "Ela Pode Empreender" tem como prioridade promover capacitações de empreendedorismo e empregabilidade para as mulheres. (Foto: divulgação)

Com serviços, oficinas e capacitações em todo o país, o Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME) e a North Business School promovem neste sábado (24), a edição manauara do “Ela Pode Empreender”, das 8h às 17h, no Parque Municipal do Mindu, zona Centro-Sul da cidade. As inscrições gratuitas vão até esta sexta-feira (23) e podem ser feitas pelo link http://bit.ly/elapodeAM.

O evento conta com apoio do Google. O Programa Ela Pode tem como prioridade promover capacitações de empreendedorismo e empregabilidade para as mulheres – principalmente em situação de vulnerabilidade – e, assim, oferecer condições sociais e econômicas para a independência financeira feminina.

No Amazonas, as ações do IRME são articuladas pela embaixadora da Rede, Rosângela Bentes, diretora-geral da escola de negócios North Business School

“A previsão é impactar mais de 10 mil mulheres em todo o país. A grande concentração de mulheres em situação de vulnerabilidade econômica e social está no Norte e Nordeste do país. Manaus não poderia estar de fora dessa programação”, frisa Bentes.

Para viabilizar a programação em Manaus, única cidade amazonense a receber o evento, a embaixadora destaca que conta com uma rede de parceiros e um time de mulheres que passaram pelas capacitações se tornaram um time para envolver outras mulheres.

Segundo a representante, a meta da Rede Mulher Empreendedora no Brasil é capacitar 135 mil mulheres em situação de vulnerabilidade social e econômica e, para o Amazonas, a estimativa é superar o quantitativo de 4 mil mulheres beneficiadas.

“Nosso objetivo é mobilizar muito mais mulheres a conhecer essa iniciativa e, além disso, oportunizar para as que já passaram pela capacitação oportunidades de negócios. Contamos com palestras-show, oficinas de ‘mão na massa’, mentoria de negócios e feira de economia criativa e solidária”, conta Rosângela Bentes.

Programação

De acordo com Bentes, até esta quarta-feira (22), 362 mulheres já haviam realizado a inscrição gratuita, mas a previsão é que, neste sábado, mais de 500 mulheres participem do evento, que conta com a parceria do Sebrae-AM, do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (Cide), da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), entre outros.

Com programação diversificada, o “Ela Pode Empreender” contará com três “palestras-show”, ministradas pela jornalista e historiadora Cristina Monte, pela psicóloga e coach Angélica Dias e pela embaixadora da Rede Mulher Empreendedora no Estado, Rosângela Bentes.

Para as empreendedoras e futuras empreendedoras que possuem dificuldade na gestão da sua empresa e dúvidas, ou precisam de direcionamento, também haverá mentoria de negócios, com orientações e soluções, ministradas por mentoras com expertises em áreas diversificadas.

As participantes poderão, ainda, participar de oficinas “mão-na-massa” e aprenderão a fotografar produtos, maquiar-se para o trabalho e o dia a dia, receberão dicas práticas de redes sociais para negócios e de elaboração de currículo.

Em paralelo, as participantes também poderão contar com uma unidade de atendimento do Sebrae-AM com orientações sobre como abrir um negócio e acompanhar uma feira de economia solidária e criativa.

Sobre a Rede Mulher Empreendedora

Idealizada em 2010, por Ana Lúcia Fontes, durante o “Programa 10 mil Mulheres da FGV”, a Rede Mulher Empreendedora (RME) é a primeira e a maior plataforma de apoio ao empreendedorismo feminino do Brasil, com o propósito de empoderar empreendedoras economicamente, garantindo independência financeira e de decisão sobre seus negócios e suas vidas.

Em 2017, foi criado o Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME) para apoiar e respaldar os projetos e iniciativas da Rede. Acesse: rme.net.br.

Sobre a North Business School

Idealizada em 2014, por Rosângela Bentes, após 20 anos de atuação em instituições púbicas, a North Business School oferece uma alternativa complementar para acelerar atitudes empreendedoras na carreira e nos negócios, além de promover um elo entre ciência e inovação para gerar negócios, considerando as a tendência e novas modulações econômicas e sociais. Acesse: www.northbschool.com.br.

Faça um comentário