US - R$ 3,91

×

Investigação vai apurar falhas estruturais no ‘Total Ville’, da Direcional


O Ministério Público Federal do Amazonas (MPF-AM) vai investigar possíveis irregularidades estruturais do empreendimento Total Ville, Condomínio Harmonia, de responsabilidade da Construtora Direcional Engenharia. O Inquérito Civil é o 018.2016.000009 e foi publicado no Diário Oficial do órgão na terça-feira, 15.

De acordo com portaria do MPF, a Caixa Econômica Federal (CEF) figura como financiadora e gestora operacional do empreendimento, no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida, e, por esse motivo é responsável solidariamente pelos vícios constatados, fato que fundamentou declínio de atribuição.

O empreendimento fica localizado na Avenida Comendador José Cruz, 386, bairro Lago Azul, em uma das áreas mais disputadas por construtoras, que atuam em Manaus e serão investigadas tanto a Construtora, como a Caixa Econômica.

O documento diz que, “no transcorrer das investigações, foi reunido lastro probatório mínimo para a instauração de procedimento investigatório civil” e uma vez que foram constatadas as irregularidades decorridas de falhas estruturais foi verificado que as mesmas se inserem na esfera de atribuições do MPF.

Ainda na publicação, o órgão ministerial destaca que é sua atribuição promover o Inquérito Civil para a proteção do patrimônio público e social, da probidade administrativa e de outros interesses difusos e coletivos. A publicação foi assinada pela procuradora da República, Michèle Diz Y Gil Corbi.

O Amazonas 1 tentou contato com a Direcional Engenharia para que se posicionasse sobre a investigação, mas nenhum dos telefones atendidos foi redirecionado para o setor responsável para falar sobre o assunto.

Confira a publicação:

Faça um comentário