Investigado pelo MPF, Artur Neto diz que quer ser candidato a presidente pelo PSDB | | Amazonas1

US - R$ 5,10

×

Investigado pelo MPF, Artur Neto diz que quer ser candidato a presidente pelo PSDB

Prefeito animado com a eleição presidencial de 2018 (Semcom)

 

Coluna Cenário

Com dois inquéritos no Ministério Público Federal (MPF) por malversação do dinheiro público na Prefeitura de Manaus, o prefeito Arthur Neto (PSDB) afirmou que quer ser candidato do PSDB à Presidência da República em 2018. A declaração foi dada às páginas amarelas da Revista Veja digital, nesta quinta-feira, 21, que está sendo disseminada pela assessoria do prefeito.  

Desafeto do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT), o tucano se considera o único adversário à altura do petista. Na entrevista, ele defende  a privatização “de tudo”, segundo a entrevista. Arthur tem 71 anos e está no terceiro mandato de prefeito de Manaus.

Neste ano, ele criou polêmica ao nomear a mulher, Elizabeth Valeiko, para ser gestora do Fundo Social de Solidariedade (FSS), o filho, deputado federal Arthur Bisneto (PSDB), como chefe da Casa Civil. Ela administra um orçamento de R$ 6 milhões e, Bisneto, R$ 202 milhões.  

Leia a entrevista completa da Veja

Faça um comentário