US - R$ 3,71

×

MPF irá acompanhar investigação sobre morte de idosa em suposto ritual religioso


O procurador-chefe do Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas, Edmilson Barreiros, esteve reunido, na tarde desta quinta-feira, 9, na sede da instituição, com representantes de religiões de matrizes africanas e recebeu comunicação oficial da Articulação Amazônica do Povo e de Comunidades Tradicionais de Terreiro de Matriz Africana (Aratrama).

(Foto: Reprodução)

A entidade solicitou o acompanhamento de inquérito policial conduzido pela Polícia Civil do Amazonas que apura as circunstâncias da morte de idosa por queimaduras, ocorrida no dia 7 de agosto, após realização de suposto ritual.

O ofício foi entregue pelo coordenador-geral da Aratrama, Alberto Jorge Silva. Na ocasião, Edmilson Barreiros ressaltou que o MPF irá acompanhar o caso e analisar eventuais medidas cabíveis, já que a apuração criminal deverá ser conduzida pela Polícia Civil.

Entenda o caso

Uma idosa de 61 anos faleceu, na terça-feira, 7, após ter 30% do corpo queimado durante um suposto ritual religioso realizado em um terreiro no bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus. Ela permaneceu internada por uma semana, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo o filho da vítima, a mulher sofreu queimaduras de segundo grau. 

 

 

*Com informações da Assessoria

Faça um comentário