Mulher que teve pescoço cortado por linha de cerol morre em hospital

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

10 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Mulher que teve pescoço cortado por linha de cerol morre em hospital

Marta Cristina sofreu o acidente na manhã de quinta-feira, 28, quando pilotava uma motocicleta a caminho do trabalho

Mulher que teve pescoço cortado por linha de cerol morre em hospital
Marta Cristina morreu após corte profundo por linha com cerol (Foto: Divulgação)

A operadora de caixa Marta Cristina Souza da Silva, 36, morreu na madrugada desta sexta-feira, 29, após ter seu pescoço atingido por uma linha com cerol. Ela estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Dr. Platão Araújo, na zona Leste de Manaus.

Segundo informações, Marta Cristina sofreu o acidente na manhã de quinta-feira, 28, quando pilotava uma motocicleta a caminho do trabalho. A vítima teve um corte profundo no pescoço e caiu do veículo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encaminhou a mulher para o hospital, onde morreu por volta das 2h10 de hoje.

O corpo de Marta Cristina foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML). O responsável pela linha com cerol ainda não foi encontrado.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias