Prefeito lamenta morte do fotojornalista Alexandre Fonseca

US - R$ 4,20

×

Prefeito lamenta morte do fotojornalista Alexandre Fonseca

Há mais de uma semana, Alexandre estava internado em hospital na zona Centro-Sul de Manaus na luta contra o câncer

(Reprodução)

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), lamentou o falecimento do fotojornalista e servidor público municipal Alexandre Fonseca, 47, que morreu nesta quinta-feira, 12, na luta contra o câncer. Há mais de uma semana, ele estava internado em hospital na zona Centro-Sul de Manaus.

“É sempre muito triste quando perdemos alguém tão querido e reconhecido por todos, não apenas em sua área de atuação. Faço questão de ressaltar a importância do trabalho da imprensa e de pessoas como o Alexandre, exímio fotógrafo, com visão sensível em suas imagens sobre a Amazônia e extremamente carismático”, externa o prefeito, manifestando, ainda, sua solidariedade à família.

Colega de profissão em grandes jornais e assessorias, o secretário municipal de Comunicação, Eric Gamboa, também lamenta a passagem do amigo. “Uma triste perda, sem dúvida, não apenas para o jornalismo, por ter um olhar singular sobre a região amazônica, mas para todos nós que convivemos com a pessoa calma e generosa, cheia de ideias e de bem com a vida, que era o Alexandre”, disse.

Além de talentoso e renomado fotógrafo, reconhecido pelos colegas de profissão, Alexandre Fonseca, natural do Estado do Pará, era formado e atuante na área da gastronomia e também produtor cultural, autor de encontros e exposições na área da imagem, como o “Manaus bem na Foto” e idealizador do grupo “A Escrita da Luz”.

O velório acontece a partir das 18h na Funerária Canaã, salão 2, na rua Major Gabriel, 1.833, e o sepultamento será no Cemitério Nossa Senhora Aparecida, no Parque Tarumã, com saída da funerária prevista para as 10h desta sexta-feira, 13.

Faça um comentário