Prefeitura decreta luto oficial de três dias por morte de professor

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

1 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Prefeitura decreta luto oficial de três dias por morte de professor

Professor foi encontrado morto no quintal de uma casa. Em abril, ele faria 12 anos como servidor efetivo da Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Prefeitura decreta luto oficial de três dias por morte de professor
(Divulgação / Semed)

A Prefeitura de Manaus decretou nesta sexta-feira, 17, luto oficial por três dias na capital devido a morte do professor Antônio Genivaldo Lira de Lacerda, de 47 anos, que foi encontrado morto nesta madrugada, nos fundos do quintal de uma residência, na zona Norte.

Em nota, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, lamentaram profundamente a morte do educador, que também era gestor da escola municipal Profª. Francisca Pereira de Araújo, na rua Padre Monteiro de Noronha, no bairro Flores, zona Centro-Sul, desde 2012. 

“Recebemos com profunda tristeza, minha esposa Elisabeth Valeiko Ribeiro e eu, essa notícia trágica e que nos consterna demais, por ser ele um cidadão cumpridor de seus deveres e um educador dedicado que realizou um trabalho de referência na escola em que atuou, ajudando nossa educação a dar um salto no Ideb e recebendo reconhecimento como servidor destaque em sua área de atuação”, lamentou o prefeito.

Segundo a prefeitura, Antônio faria 12 anos como servidor efetivo da Secretaria Municipal de Educação (Semed) em abril deste ano e completaria 48 anos no próximo dia 8 de fevereiro. 

“Não temos palavras para expressar tamanha perda. Um profissional que vinha fazendo a diferença na educação municipal de Manaus. Arthur e eu, toda a comunidade escolar, na verdade, estamos muito tristes com o falecimento do professor Genivaldo, que parte, mas deixa um importante legado”, disse a primeira-dama.

Quando assumiu a gestão da Francisca Pereira, a escola tinha nota de 4,3 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). “Devido ao valoroso trabalho desenvolvido com toda equipe escolar, a unidade deu um salto significativo e alcançou o primeiro lugar, nos Anos Finais, no último Ideb, com o índice de 6,5. Ao longo desses anos, tanto o professor Genivaldo quanto a escola, ganharam diversas premiações em reconhecimento aos resultados alcançados”, destacou a prefeitura.

Formação

Servidor efetivo da Semed, Antônio Genivaldo era formado em Filosofia pela Universidade Católica de Brasília (UCB), pós-graduado em Didática do Ensino Superior pela Faculdade de Educação da Serra (Fase) e era aluno do curso de mestrado de Ciência da Comunicação, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Velório

O velório do professor Genivaldo será na escola municipal Profª Francisca Pereira, a partir das 13h. O sepultamento será no Cemitério Recanto da Paz, às 16h.

O caso

Antônio Genivaldo estava desaparecido há dois dias, após ser visto saindo da escola Francisco Pereira, por volta das 17h. Ele foi encontrado na madrugada desta sexta-feira, 17, nos fundos do quintal de uma casa, na rua Aracati, na comunidade Rio Piorini, no bairro Colônia Terra Nova, na zona Norte de Manaus.

(Divulgação)

Um homem, identificado como “Loirinho”, foi preso em posse do carro da vítima e informou o local onde estava o corpo. Segundo o delegado Fábio Silva, o suspeito confessou ter praticado o crime juntamente com outro homem, que está foragido, e que também é proprietário da residência.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading