Prefeitura garante R$ 300 para trabalhadores das galerias populares
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

28 de maio de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

Prefeitura garante R$ 300 para trabalhadores das galerias populares

A proposta será enviada para apreciação dos vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) ainda esta semana.

Prefeitura garante R$ 300 para trabalhadores das galerias populares
Galeria dos Remédios Foto: Alex Pazuello/Semcom

Após a aprovação da concessão da bolsa de R$ 50 para mais de 80 mil alunos da rede municipal de baixa renda, a prefeitura de Manaus anunciou o projeto “Viva Centro Galerias Populares”, que irá pagar um auxílio no valor de R$ 300 para catadores e microempreendedores.

A proposta será enviada para apreciação dos vereadores da Câmara Municipal de Manaus, (CMM) ainda esta semana.

“Uma prefeitura como a nossa faz o que pode, mas o governo federal pode fazer muito mais. Já anunciaram ajuda de trilhões de reais que serão bem-vindos, mas devem ser urgenciados, porque a ansiedade social não espera”, cobra o prefeito de Manaus, Arthur Neto.

O projeto de lei prevê ajuda financeira de R$ 300, por dois meses, a 274 catadores de resíduos sólidos, além de ajudar mil comerciantes das galerias populares Espírito Santo, dos Remédios e do Shopping Phelippe Daou.

“É preciso dar condições para que as pessoas fiquem em casa. O isolamento nesse momento é muito importante para combater a propagação da Covid-19, então temos que ajudar, da maneira que for possível, para que as pessoas se mantenham em casa e possam garantir suas necessidades emergenciais”, defende o prefeito Arthur.

Auxílio

O auxílio emergencial a catadores e microempreendedores, previsto para os meses de abril e maio, vai totalizar um montante de R$ 764.400.

A bolsa será paga pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semmasc), a partir da publicação da Lei no Diário Oficial do Município (DOM).

 

(*) Com informações da assessoria

 

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias