Primeiro escritório social é inaugurado para atender ex-detentos e familiares - Amazonas1
23 de janeiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Primeiro escritório social é inaugurado para atender ex-detentos e familiares

A criação do escritório social tem como objetivo reunir, em um mesmo local, atendimentos e serviços com capacitação, cursos e encaminhamentos de emprego

Primeiro escritório social é inaugurado para atender ex-detentos e familiares
Foto Divulgação

O Governo do Amazonas, com o apoio do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), inaugurou, nesta sexta-feira (04), o primeiro Escritório Social voltado para atendimento de egressos e familiares do sistema carcerário do estado. Em Manaus, os trabalhos serão aplicados pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), localizada na Avenida Torquato Tapajós, s/n, Colônia Terra Nova.

Leia mais: PGR fortalece Wilson Lima ao dizer que afastamento de Witzel ‘foi fora da curva’

A criação do escritório social tem como objetivo reunir, em um mesmo local, atendimentos e serviços prestados por equipes multidisciplinares, para dar suporte às pessoas que já saíram do sistema prisional e aos seus familiares, propondo a criação de uma política intersetorial e interinstitucional de inclusão social desses egressos, o que demanda iniciativas de diferentes políticas públicas, sistemas e atores da sociedade civil.

A cerimônia de inauguração contou com a presença de forma virtual, do presidente do CNJ, ministro Luiz Fux, e do presidente do TJAM, Domingos Jorge Chalub Pereira, e de forma presencial, a de Valter Shuenquener de Araújo, secretário-geral do CNJ e do secretário da Seap, coronel Vinícius Almeida.

“Hoje nós estamos diante de uma comemoração da justiça e da dignidade. Os escritórios sociais são ofícios de cidadania por onde podemos conceder a todos o reintegrandos uma identidade, eles não são ex-presidiários, são cidadãos e o CNJ está trabalhando para que eles possam ser reconhecidos, possam trabalhar e ter uma vida com dignidade e honra”, declarou o ministro Luiz Fux.

Para o secretário da Seap, a implantação do escritório significa um avanço para o sistema penitenciário do Estado.  “Esse é um grande avanço para o Amazonas tendo em vista que o escritório social vai atender os egressos do sistema prisional, podendo assim beneficiá-los com capacitação, cursos, encaminhamentos de emprego e muitas outras coisas. Tudo isso através de um atendimento humano, ético e correto”, pontuou Almeida.

 

*Com informações da assessoria

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading