Terceirizados vão decidir sobre paralisação em assembleia geral
27 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Terceirizados vão decidir sobre paralisação em assembleia geral

Sindicato da categoria cobra pagamento dos salários atrasados dos funcionários da saúde, que já se arrasta há cinco meses

Terceirizados vão decidir sobre paralisação em assembleia geral

O Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde (Sindpriv) está convocando os servidores terceirizados que prestam serviços em hospitais públicos da capital para uma assembleia geral, marcada para quarta-feira, 13, para cobrar do Governo do Estado os salários atrasados da categoria e discutir uma paralisação geral.

Conforme a presidente do sindicato, Graciete Mouzinho, a entidade se reuniu diversas vezes para discutir a questão com a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) e Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), mas sem nenhum documento assinado. “Ficou na palavra, por esse motivo vamos deflagrar greve”, adianta.

Segundo a enfermeira, foi dito que seria efetuado o pagamento em duas datas, sendo a primeira neste mês, dia 27 e a outra no dia 27 de dezembro. “Em dezembro, o secretario da Sefaz vai estar presente para autorizar o pagamentos? É inviável, pois eles (os servidores) têm contas para pagar e filhos para alimentar”, criticou.

Graciete finaliza a sua indignação dizendo que todos os anos o setor passar por essa situação e, “quem sai prejudicado é a população, pois ficam sem os atendimentos”. “Infelizmente, esse é o jeito de conseguir receber o que é nosso”, finaliza.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading