Turistas terão espaço próprio para atendimento no Centro de Manaus

US - R$ 4,08

×

Turistas terão espaço próprio para atendimento no Centro de Manaus

A edificação de ferro e vidro da Belle Époque vai abrigar um Centro de Atendimento ao Turista e fica próxima a pontos importantes da cidade, como o mercado Adolpho Lisboa

Inauguração do espaço aconteceu na manhã desta segunda-feira, 11 (Foto: Márcio Silva / Amazonas1)

Na companhia da superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico de Manaus (Iphan), Karla Bitar, o prefeito Arthur Neto (PSDB) inaugurou na manhã desta segunda-feira, 11, o Pavilhão Universal na Praça Adalberto Vale, no Centro de Manaus. A edificação de ferro e vidro com arquitetura que lembra a “Belle Époque” vai abrigar um Centro de Atendimento ao Turista (CAT).

A obra fica próxima de pontos importantes da cidade como o Mercado Adolpho Lisboa, Museu da Cidade, área portuária e a Catedral Metropolitana, e faz parte das comemorações pelos 350 anos de Manaus. A inauguração do espaço foi administrado pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

“Esta obra vai servir para orientar e estimular o turismo. E faz parte de um conjunto de obras que nós vamos entregar  para restituir o espírito da cidade, que reside precisamente no seu centro histórico. Esse será um ponto de orientação para quem quer conhecer a cidade”, explicou o prefeito.

O CAT funcionará de segunda a sexta, das 8h às 17h, e aos sábados, de 8h às 12h. Estagiários das faculdades de Turismo da cidade vão trabalhar no local, sob a supervisão da Manauscult. O espaço será multifuncional, proporcionando informações desde gastronômicas até de hospedagem, passando por passeios e, em algumas situações, com tradução bilíngue, em inglês e espanhol, ampliando o acolhimento ao turista.

Acessibilidade Universal

A requalificação urbanística do espaço conta com acessibilidade e área de contemplação nas proximidades da imagem do rio Negro. Entre as curiosidades da obra é que no local foram encontradas alguns vestígios de trilhos do antigo bonde existente na capital.

Localizada na avenida Floriano Peixoto, a praça está em um ponto de grande visibilidade para quem chega a cidade pelo Porto de Manaus. O projeto incluiu o resgate dos traçados originais, datados de 1920, com calçamento em pedras portuguesas, adequação da área quanto a acessibilidade, paisagismo, instalação de bancos e nova iluminação.

 

(*) Com informações da assessoria

Faça um comentário