UEA informa contratação de professores de Libras após denúncia do MP - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

26 de setembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

UEA informa contratação de professores de Libras após denúncia do MP

Na última segunda-feira, dia 03, o Ministério Público do estado do Amazonas (MP-AM), abriu um inquérito onde alegava que a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), se omitia ao dever de oferecer professores à alunos surdos

UEA informa contratação de professores de Libras após denúncia do MP

A Universidade do estado do Amazonas (UEA) comunicou através de nota durante a tarde deste sábado (08), que trabalha há meses na contratação de profissionais e interpretes em libras para o oferecimento de aulas a alunos surdos.

Leia mais em MPAM pede que a UEA disponha intérpretes de Libras para alunos surdos

Segundo a universidade, a contratação dos profissionais foi publicada no Diário Oficial do Estado do Amazonas, no último dia 5 de agosto, sob Portaria 052/2020 PROADM/UEA.

A UEA informa ainda que, na próxima segunda-feira, (10), finalizará os trâmites administrativos com a Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas (Sefaz) para que os intérpretes, previamente selecionados pela Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Prograd), e a Fundação Universitas de Estudos Amazônicos (F. UEA), já possam prestar total apoio aos estudantes no desenvolvimento das atividades acadêmicas.

Havia denúncias encaminhadas ao Ministério Público por parte de pais de alunos, que comprovam o mau rendimento de alunos surdos pela falta de professores interpretes em libras. Nos relatos, duas alunas surdas, acadêmicas do curso de Letras, dão conta, por exemplo, de que desde o início das atividades não-presenciais da Universidade, ocorrida em 03 de agosto de 2020, o referido curso está sem intérpretes de Libras.

Dessa forma, o MPAM pedia que seja declarado o direito dos estudantes surdos matriculados na UEA, serem em todos as suas atividades acadêmicas, (aulas, seminários, etc…) acompanhados de um profissional intérprete de Libras, que a instituição seja obrigada a providenciar a contratação dos referidos profissionais, que seja determinado ao Estado do Amazonas que informe esse juízo acerca dos repasses de dotações orçamentárias para atendimento de ações com pessoa com deficiência e que a UEA apresente um Plano Emergencial de contratação dos referidos intérpretes de Libras para o ano letivo de 2020.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading