US - R$ 4,16

×

Google Maps mostra fantasma de criança em cemitério


Uma imagem assustadora mostra o que pode ser um fantasma no cemitério Martha Chapel, no Texas, Estados Unidos. Ao vasculhar a área pelo Google Maps, é possível notar uma figura, que parece uma criança, perto de uma árvore. Para piorar, existem relatos e lendas sobre aparições de fantasmas no local. (Confira vídeo abaixo)

A aparição estranha surgiu no Google Maps e assustou muita gente. No serviço, basta dar um zoom numa árvore e ver a figura cinzenta que parece uma criança olhando diretamente para a câmera.

Para piorar, ela parece estar se escondendo e se divertindo atrás da árvore.

O primeiro a chamar a atenção para a figura misteriosa foi o canal do YouTube The Hidden Underbelly 2.0.

 Para tornar tudo mais assustador, esse cemitério no Texas é cercado de lendas e histórias assustadoras sobre fantasmas.

Logo o vídeo repercutiu muito e mostrou que muitos acreditam que realmente se trata de um fantasma.

“Esta alma parece estar vagando pela Terra e ainda por cima está se divertindo”, afirmou um dos comentários

Os relatos macabros no cemitério já existem há tempos, em primeiro lugar, porque ele está no final da chamada Estrada Bowden. Com esse nome ela não é assustadora e sim pelo seu apelido: Demon Road (ou “Estrada do Demônio”).

Segundo Dana Goolsby, que fez uma extensa pesquisa sobre as imediações para o site Texas Escape, o local realmente parece assombrado.

A ponto dos habitantes locais fazerem de tudo para impedir que visitantes e curiosos cheguem ao cemitério.

Segundo alguns deles, é uma preocupação para evitar que os “maus fantasmas” sejam acordados.

A própria Dana conta uma história que aconteceu com ela. Quando estava no cemitério, ela viu um homem vagando sem muita direção. Ela não deu muita importância para o fato, até se deparar com a mesma figura no dia seguinte, logo depois de sair do chuveiro, sentada em sua cama. Ela afirma que o homem “se dissipou”, mas não antes dela ficar tremendo de medo.

VÍDEO

*Informações retiradas do R7

Faça um comentário