US - R$ 3,93

×

Símbolo da Nova Zelândia ganha muçulmanos para homenagear mortos

O desenho foi feito pelo ilustrador Pat Campbell, do jornal The Canberra Times, da Austrália -país de origem do autor do massacre.


O principal símbolo da Nova Zelândia, a “silver fern” (samambaia de prata), ganhou uma nova versão para homenagear os 50 mortos no ataque em duas mesquitas de Christchurch na última sexta (15), na qual parte da planta foi substituída por 50 muçulmanos em oração.

O desenho foi feito pelo ilustrador Pat Campbell, do jornal The Canberra Times, da Austrália -país de origem do autor do massacre. A imagem acabou se espalhando pelas redes sociais e se tornando viral, usada por usuários para homenagear os mortos.

A silver fern é uma planta comum no país. (Divulgação)

A silver fern é uma planta comum no país e sua versão estilizada, com uma planta branca em um fundo preto, é um símbolo nacional.

A marca aparece no passaporte e na moeda de um dólar neozelandês, além de ser usada para representar o país em diferentes modalidades esportivas. Os All Blacks, a tradicional seleção de rúgbi da Nova Zelândia, usa uma silver fern como emblema, por exemplo.

Por isso, Campbell disse que, no dia seguinte ao ataque, decidiu usar o símbolo ao fazer uma ilustração sobre o ataque.

“Pensei na samambaia, um importante símbolo da Nova Zelândia, sua forma naturalmente permite a representação de pessoas. Daí foi um pequeno passo para mostrar as vítimas conforme elas rezam”, disse ele à rede de TV americana CNN.

“Inicialmente, desenhei 49 figuras (humanas). Quando o número foi revisado para 50, adicionei mais uma silhueta”, afirmou o ilustrador sobre o número de mortos no ataque.

 

(*) Com informações da Folhapress

Faça um comentário