Trump recua na Pensilvânia e admite derrota justa a Biden - Amazonas1
26 de novembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Trump recua na Pensilvânia e admite derrota justa a Biden

O processo mantém o objetivo de impedir a Pensilvânia de certificar a vitória de Biden no Estado e também a alegação de que os eleitores democratas foram tratados de forma mais favorável do que os republicanos

Trump recua na Pensilvânia e admite derrota justa a Biden
Foto: Reprodução/ ABC News

A campanha à reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, retirou uma parte central de seu processo judicial que visa impedir a certificação dos resultados eleitorais na Pensilvânia, onde o democrata Joe Biden derrotou o republicano e conseguiu os delegados necessários para vencer o pleito.

Leia mais em: Trump reconhece vitória de Biden e volta atrás pouco depois

Antes de uma audiência do caso nesta terça-feira, 17, a equipe do chefe da Casa Branca abandonou a alegação de que 682.479 cédulas enviadas pelo correio foram processadas ilegalmente sem que os representantes republicanos pudessem observar.

O processo mantém o objetivo de impedir a Pensilvânia de certificar a vitória de Biden no Estado e também a alegação de que os eleitores democratas foram tratados de forma mais favorável do que os republicanos.

A ação acusa “condados com muitos democratas” de terem violado a lei ao identificar cédulas enviadas pelo correio antes do dia da eleição que apresentavam defeitos – como a falta de um “envelope secreto” interno ou a falta de assinatura do eleitor no envelope externo – para que o eleitor pudesse consertá-lo e garantir que o voto contaria.

*Informações Estadão

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading