Adolescente tem cabeça estourada com vários tiros no bairro Compensa
26 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Adolescente tem cabeça estourada com vários tiros no bairro Compensa

Quatro homens apontados como integrantes do Comando Vermelho (CV) foram presos após cometerem o assassinato

Adolescente tem cabeça estourada com vários tiros no bairro Compensa
O assassinato aconteceu na rua das Pedreiras (Foto: Josemar Antunes/Portal Am1)

Jeferson Soares Nogueira, 17, foi executado com 17 tiros na noite dessa quinta-feira (13), na rua das Pedreiras com a rua do Comércio, ao lado do “Campo do Estrela”, no bairro Compensa 2, na zona Oeste de Manaus. Quatro homens foram presos após praticar o crime.

Segundo informações da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), uma guarnição realizava patrulhamento na região, quando ouviu os disparos e logo avistou um carro modelo Fiat Mobi, de cor vermelha, e placa NAU-9605, tentando fuga. O carro com placa de Boa Vista, no estado de Roraima, estava com dados indisponíveis junto ao Sistema Nacional de Trânsito.

Jeferson foi abordado pelos pistoleiros e executado com 17 tiros (Foto: Josemar Antunes/Portal Am1)

O veículo foi interceptado na posse de quatro homens identificados como: Ademir dos Santos do Nascimento, 21; Carlos José Oliveira Correia, 36; Daniel da Gama Viana, 23, e Erleton Soares, 24, conhecido como “Cabeça”. Um quinto suspeito conseguiu fugir no momento da abordagem.

Com o quarteto, a polícia apreendeu um revólver calibre 38, contendo duas munições intactas e quatro deflagradas, além de três munições calibre 380 milímetros. Foram apreendidos, também, duas facas e três celulares – um dos  aparelhos pertencia ao adolescente, que no momento em que foi atingido, teve o celular roubado.

A maioria dos tiros atingiu a cabeça do adolescente (Foto: Josemar Antunes/Portal Am1)

À polícia, os familiares negaram o envolvimento da vítima com o tráfico, declarando que o adolescente tinha sido morto por engano ou vítima de assalto. No entanto, a versão apresentada foi descartada pela polícia, que atribuiu o assassinato à briga entre membros de facções criminosas.

Desde o início do ano, o bairro Compensa vem sendo disputado por facções, causando terror e medo aos moradores. O adolescente assassinado seria integrante da Família do Norte (FDN), que vem resistindo aos ataques de rivais.

Erleton Soares, vulgo “Cabeça”, de camisa vermelha, é pistoleiro do CV (Foto: Divulgação)

Durante os procedimentos, a polícia identificou “Cabeça” que é soldado do traficante Marcelo dos Santos Farias, 32, conhecido como “My Love”; do CV, que foi preso na operação “Contra-Ataque” deflagrada pelo Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) no dia 14 de maio deste ano. A ação ainda prendeu Assis Curico da Silva, 55, o “Vovô”; Jader Vasques Sevalho, 39; Wallace Rafael Castro de Almeida, 34, o “Bolt”; Samuel Carvalho da Silva, 24, e Ana Cristina Façanha Neves, 34.

Além do flagrante, Renald Pereira da Silva e Francisco Ricardo Castro de Almeida, foram presos em cumprimento de mandado de prisão temporária. As três ordens judiciais, pelos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas e associação para o tráfico, expedidas pela juíza Lina Marie Cabral, da Central de Inquéritos, ainda resultaram na apreensão de 150 quilos de drogas, entre maconha e pasta base de cocaína.

Carro, celulares, facas e revólver foram apreendidos com o quarteto (Fotos: Divulgação)

Também foram apreendidos, ainda, dois carros, sendo um Fiat Toro, de cor cinza e placas PHD-6596, e um Ford Ka, de cor branca e placas QZB-8B08, duas armas de fogo – uma pistola 380 com oito munições do mesmo calibre intactas – um revólver calibre 38 com a numeração suprimida, além de uma canoa, com um motor rabeta, usada para transportar entorpecentes.

Após o quarteto ser conduzido para a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a unidade policial foi reforçada para evitar qualquer ato de resgate dos custodiados. A especializada espera, com os depoimentos, elucidar parte dos assassinatos ocorridos na capital, em especial, no bairro Compensa.

Uma equipe do IML fez a remoção do corpo (Foto: Josemar Antunes/Portal Am1)

O corpo de Jeferson foi removido por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML). A vítima foi atingida com quase 20 tiros, sendo pelo menos 10 na cabeça. Outras partes do corpo como mãos, costas e tórax também foram atingidas.

Acompanhe a live na cena do crime:

Jovem é executado a tiros no bairro Compensa; pistoleiros são presos

Posted by Amazonas1 on Thursday, August 13, 2020

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading