US - R$ 3,73

×

Prefeitura de Itacoatiara pretende gastar R$ 1 milhão em eletrodomésticos

A licitação 004/2019 ocorreu na modalidade pregão presencial para registros de números e foi autorizada pelo prefeito de Itacoatiara Antônio Peixoto


A prefeitura de Itacoatiara (270km de manaus), pretende gastar R$ 1.433.390,00 na aquisição de eletrodomésticos, eletroeletrônicos, refrigeração e bens móveis de movelaria. Os matérias serão para atender, segundo a prefeitura, as necessidade das escolas da Rede Municipal de Ensino da zona Urbana e Rural. O valor foi publicado pela Comissão Geral de Licitação (CGL) no Diário Oficial Eletrônico da Associação Amazonense dos Municípios (AAM), na terça-feira, 05.

A licitação 004/2019 ocorreu na modalidade pregão presencial para registros de números e foi autorizada pelo prefeito de Itacoatiara, Antônio Peixoto (PT). Além de atender a Rede Municipal de Ensino, os materiais serão destinados também à sede da Secretaria Municipal de Educação (Semed) do município.

A publicação foi feita na Diário Oficial dos Municípios. (Divulgação)

Os itens da aquisição, segundo o documento, são materiais permanentes tais como: eletrodomésticos, eletroeletrônicos, refrigeração e bens móveis de movelaria. No total, nove empresas participaram do pregão, sendo que quatro delas foram desclassificadas. A empresa Me e Lacaff Serviços e Construção Ltda por não possuir o ramo de atividades pertinentes ao objeto licitado na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), a MSL de Oliveira-Me abriu mão da participação por motivos pessoais , a empresa Amape Amazonas por não apresentar RG de uma das sócias e a F.R.G. Franco e Cia Ltda por não apresentar Balanço Patrimonial e o Atestado de Capacidade Técnica não estar de acordo.

Segundo a publicação no Diário Oficial, para o processamento e julgamento da licitação foi usado o critério de menor preço por item. As empresas classificadas e seus preços unitários respectivamente foram: S. de O. Pedrosa-ME, com valor global R$ 63.360,00; Aidir F. Tomé – ME com valor global R$ 484.000,00; Adria Patricia Sena Figueiredo com valor global R$ 72.330,00; Almerinda Ferreira de Lima-ME, com valor global R$ 563.300,00; E F. R. G. Franco e Cia Ltda, com valor global R$ 250.400,00; que dão o resultado total de R$ 1.433.390,00.

Sem reposta 

Procurados, a reportagem não conseguiu resposta da prefeitura por parte dos contatos fornecidos no site da AAM.

 

Confira a publicação do Diário Oficial do Municípios:

Faça um comentário