'Agora me sinto estranha perto de garotos', revela criança assediada no AM
25 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

‘Agora me sinto estranha perto de garotos’, revela criança assediada

A menina, de apenas 10 anos, relatou o caso durante um projeto social desenvolvido pela PM na escola onde estuda, em Parintins

‘Agora me sinto estranha perto de garotos’, revela criança assediada
Criança denuncia assédio sexual em Parintins (Divulgação/PM-AM.)

Durante um projeto social que a Polícia Militar estava realizando em uma escola no município de Parintins, a 369 quilômetros de Manaus, uma menina de 10 anos, da 5ª série aproveitou a situação para contar aos policiais uma situação nada agradável que havia acontecido com ela.

Segundo a PM, a criança colocou uma carta dentro de uma caixinha, que estava sendo usada para que os alunos colocassem suas perguntas e tirassem suas dúvidas com a polícia, além de registrar denúncias.

Um sargento sorteou a carta da menina e, devido ao conteúdo da mensagem se tratar de uma denúncia, decidiu não ler em voz alta e levou o caso para a corporação.

Na carta escrita à mão, a criança, que teve o nome preservado, conta que recebeu mensagens de teor sexual de um homem por meio de sua conta no Instagram. “Agora me sinto estranha perto de garotos, eu me sinto insegura”, diz a menina.

Ao detalhar o que lhe aconteceu, ela implora por ajuda e informa que o assédio ocorreu no dia anterior, 21 de outubro, à visita dos PMs à escola.

“Eu estava online no Instagram e um garoto que era seguidor meu que, afinal, eu nem sabia que existia, disse que eu era gostosa, que meu corpo era fofo, que eu era sexy”, diz trecho da carta.

A criança relata, ainda, que o seguidor insinuou tocar em suas partes íntimas e que mandou um vídeo de conteúdo pornográfico, perguntando se ela queria assistir com ele. 

“Eu não respondi nada, mas chorei muito com medo, não sei que cidade ele mora, não sei nada sobre ele, não sei quantos anos ele tem, não sei o nome dele, não sei nada mesmo. Eu sou a [nome preservado], tenho apenas 10 anos. Por favor, me ajuda”, finaliza.

O caso está sendo acompanhado pela Polícia Militar em parceria com a coordenação pedagógica do colégio de Parintins. A família da criança foi comunicada sobre a denúncia. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Criança denuncia assédio sexual em Parintins (Divulgação/PM-AM.)

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading