US - R$ 3,73

×

Ajudante de pedreiro é morto a tiros no Jorge Teixeira, em Manaus


Um ajudante de pedreiro de 25 anos foi assassinado com três tiros na frente da obra em que prestava serviço, no bairro Jorge Teixeira. O crime ocorreu no início tarde desta segunda-feira (1), na Zona Leste de Manaus. O homem usava tornozeleira eletrônica e, segundo a família, havia sido preso, enquadrado na lei Maria da Penha.

De acordo com informações repassadas por testemunhas, o ajudante de pedreiro estava em frente a obra na avenida Autaz Mirim, quando foi surpreendido por dois homens em uma motocicleta. O condutor estacionou o veículo próximo da vítima e o carona efetuou os disparos.

“Ele foi pego de surpresa aqui na frente da obra. Ele tinha passagem por roubo, homicídio tentado e violência doméstica. Mas não podemos ainda precisar se esta morte tem ligação com as passagens dele”, disse o delegado do 30º Distrito Integrado de Polícia Torquato Mozer.

O homem foi atingido com 3 disparos, sendo dois no rosto e um no ombro. Ele morreu no local.

O padrasto dele, Marcelo de Franco, de 50 anos, disse que o enteado fora preso após denúncia de agressão feito pela companheira e estava solto há aproximadamente 8 meses.

“Ele não tinha envolvimento com drogas e nunca matou ninguém. As facções brigam e quem sofre é a população”, disse o padrasto.

A vítima deixou dois filhos. Uma menina de 5 anos e um menino de 8 anos.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), no bairro Cidade Nova, Zona Leste.Policiais da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) atenderam a ocorrência.

O caso deve ser investigado por policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

*Informações retiradas do G1

Faça um comentário