Chefão do Comando Vermelho no AM morre em confronto com a polícia
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

28 de maio de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

Chefão do Comando Vermelho no AM morre em confronto com a polícia

Líder era procurado pela Justiça do Amazonas e do Ceará. As investigações mostraram que Enilton estava em plena atividade criminosa

Chefão do Comando Vermelho no AM morre em confronto com a polícia
Enilton figurava na lista de procurados pela Justiça do Amazonas e Ceará (Foto: Divulgação)

Após reagir a uma abordagem policial na cidade de Simão Dias, no estado de Sergipe (SE), na quinta-feira, 21, Enilton Cordovil Coelho, 36, conhecido como “Roleta”, foi morto a tiros durante a prisão.

A informação foi confirmada pelo delegado Rafael Allemand, do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO).

O traficante e homicida Enilton, que era natural de Alvarães (distante 531 quilômetros de Manaus), era investigado na operação “Contra Ataque”, deflagrada pelo DRCO no último dia 14 de maio, por liderar uma organização criminosa no Amazonas.

Ele foi apontado como o responsável pelas mortes no bairro Compensa, na Zona Oeste.

“A Operação Contra-Ataque, com dois meses de investigação, tinha por objetivo identificar ameaças feitas por traficantes contra agentes de segurança pública do Amazonas”, disse o delegado Rafael Allemand.

Enilton, além da condição de procurado pela Justiça do Amazonas, era fugitivo do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará, o qual tinha passagem por roubo a banco.

Ele estava foragido desde 2018.

Enilton também era apontado pela polícia como o número um da facção criminosa Comando Vermelho (CV), de origem carioca, que age no Amazonas.

Ele tinha a função de organizar os ataques contra membros da facção criminosa Família do Norte (FDN).

Ainda segundo o delegado, Enilton que tinha histórico de tráfico de drogas e homicídios, planejava fuga em presídios no Estado, inclusive com explosões.

“Enilton era um dos fugitivos mais procurados nos estados do Amazonas e Ceará. Durante as investigações, chegou ao nosso conhecimento que o traficante e homicida planejava explodir um presídio na capital do Amazonas para que os comparsas fugissem”, informou o delegado Allemand.

Operação “Contra -Ataque”

Durante o cumprimento de mandados de prisão, nove pessoas foram presas ligadas ao CV.

Entre os presos, cinco são do alto escalão e obedeciam Enilton.

Além das prisões, duas armas de grosso calibre, munições, dois veículos e 150 quilos de drogas foram apreendidos.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias