DEHS prende ‘Rato’ por participação na morte de motoboy em Manaus

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

10 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

DEHS prende ‘Rato’ por participação na morte de motoboy em Manaus

Thailson Marques Siqueira, 20, foi preso na manhã desta quinta-feira, 28, na rua Garoupa (antiga Marcos Barros), na comunidade Novo Reino

DEHS prende ‘Rato’ por participação na morte de motoboy em Manaus

Thailson Marques Siqueira, 20, conhecido como “Rato”, foi preso nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 28, pela equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Ele é acusado de participação no assassinato de Almiro Andrade da Silva, 22, ocorrido no dia 15 de maio deste ano, na rua Domingos Enéas da Frota, comunidade Grande Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, zona Leste de Manaus.

Segundo a equipe da DEHS, Thailson prestou apoio ao comparsa, que está sendo investigado, pilotando uma motocicleta para executar Almiro. Eles perseguiram a vítima ainda na rua, mas o motoboy conseguiu entrar na casa onde morava.O lugar, porém, foi invadido e a vítima acabou morta na frente dos familiares com vários tiros.

Após o crime, a equipe da DEHS iniciou as investigações e chegou até Thailson, que já tem mandado de prisão em aberto por roubo. Ele foi preso na própria casa, situada na rua Garoupa (antiga Marcos Barros), nº 201, comunidade Novo Reino, bairro Gilberto Mestrinho.

O procurado foi levado até o  prédio da DEHS para os procedimentos cabíveis. O autor dos tiros está sendo procurado pela especializada. Qualquer informação do paradeiro pode ser denunciado por meio do número (92) 3636-7824, que o nome será mantido em sigilo.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias