Entregador de comida é executado no bairro Compensa, em Manaus
21 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Entregador de comida é executado no bairro Compensa, em Manaus

Felipe Urbano da Silva, 20, estava em um bar na rua do Comércio, quando foi surpreendido a tiros por ocupantes de um carro

Entregador de comida é executado no bairro Compensa, em Manaus
Policiais civis da DEHS investiga o crime (Foto: Josemar Antunes/Portal AM1)

O entregador de comidas Felipe Urbano da Silva, 20, morreu, na madrugada desta quinta-feira (27), por volta das 2h, após ser alvejado com sete tiros em um bar na rua do Comércio, bairro Compensa 2, zona Oeste de Manaus. Outras duas pessoas ficaram feridas.

Segundo informações da polícia, Felipe estava no estabelecimento “Joby’s bar”, quando homens chegaram ao local em um carro, de características não reconhecidas, e começaram a efetuar os disparos. Os pistoleiros fugiram tomando rumo desconhecido e, até o momento, não foram identificados.

Felipe foi assassinado com sete tiros (Foto: Divulgação)

À polícia, o tio da vítima informou que desconhece a motivação, mas confirmou que o sobrinho era usuário de drogas. Felipe trabalhava com o tio e não tinha antecedentes criminais. O corpo foi removido por uma equipe do  Instituto Médico Legal (IML).

Feridos

Um casal que estava junto à vítima foi baleado. Os feridos foram levados para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, no bairro Compensa e já estão fora de perigo.

Mortes

De janeiro até agora, 61 pessoas morreram nas três etapas do bairro Compensa. A maioria das mortes está relacionada às briga entre facções criminosas que disputam os pontos de drogas.

O caso mais recente dessa matança foi Arlison Brendo Morais Paes, 25, vulgo “Caboré”. Ele morreu com 17 tiros dentro da casa da avó, no beco e rua dos Escoteiros, na tarde dessa quarta-feira (26).

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading