Feiras e estabelecimentos são fechados por descumprir decreto estadual - Amazonas1
24 de fevereiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  31oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Feiras e estabelecimentos são fechados por descumprir decreto estadual

Os estabelecimentos foram fechados pela Central Integrada de Fiscalização (CIF), no terceiro dia do novo decreto que ampliou as restrições de circulação no estado

Feiras e estabelecimentos são fechados por descumprir decreto estadual
Foto: Divulgação

Uma feira na zona leste de Manaus e outros estabelecimentos foram fechados pela Central Integrada de Fiscalização (CIF), nesta quarta-feira (27/01), no terceiro dia do novo decreto que ampliou as restrições de circulação no estado. Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a ação percorreu ruas e avenidas comerciais com grande fluxo de pessoas.

A Feira do Produtor, no bairro Jorge Teixeira, zona leste da capital, estava funcionando além do horário permitido, de 4h às 10h. As equipes da CIF solicitaram aos responsáveis pelos boxes o encerramento das atividades.

Outros dois locais proibidos de funcionar nesse período foram orientados a encerrar as atividades. O primeiro foi o salão de beleza Mãos de Fada, no bairro Cidade de Deus, e outro foi a oficina Central Tec, na avenida Margarita, zona norte de Manaus.

Pelo Decreto 43.303, atividades não essenciais estão proibidas até o dia 31 deste mês. A circulação de pessoas também passou a ser restrita 24 horas por dia. Composta por órgãos estaduais e municipais, como as Polícias Civil e Militar, Ouvidoria da SSP, Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Defesa Civil, entre outros, a CIF tem atuado em todas as zonas da cidade para fiscalizar o cumprimento da determinação.

(*) Com informação da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading