Homem é executado com 11 tiros em briga entre famílias na Zona Leste

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

10 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

Homem é executado com 11 tiros em briga entre famílias na Zona Leste

Vigança entre duas famílias é apontada pela polícia como o motivo para a execução de Matias Tomaz, no Armando Mendes, na madrugada de quarta-feira, 04.

Homem é executado com 11 tiros em briga entre famílias na Zona Leste
O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) (Foto: Josemar Antunes)

Matias Cavalcante Tomaz, de 35 anos, foi assassinado com 11 tiros, na madrugada desta quarta-feira, 4, dentro da casa onde morava, na rua Rio Jutaizinho (antiga rua E), no bairro Armando Mendes, na zona Leste de Manaus. Os familiares acreditam que o crime foi motivado por vingança.

Segundo informações da 25ª Companhia Interativa Comunitária (25ª Cicom), quatro homens, ainda não identificados, chegaram ao local em um carro Gol, de cor branca.

Os criminosos arrombaram a porta do imóvel e, em seguida, executaram a vítima dentro do quarto sem qualquer chance de defesa.

“Três homens desceram armados, sendo um deles encapuzado. O quarto suspeito ficou na direção do carro. Os criminosos invadiram o imóvel até achar Matias em um dos cômodos e executar com vários tiros. Depois do crime, os assassinos fugiram”, disse o cabo Maurício Rufino.

Uma equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) esteve no local levantando informações. Os familiares relataram que o assassinato foi motivado por “rixa” com outra família.

Suspeito

Matias é apontado como assassino do ajudante de pedreiro Franco Souza da Silva, de 30 anos, que foi morto com três tiros, na manhã do dia 3 de outubro de 2015, na avenida Itacolomy, também no bairro Armando Mendes.

Matias e mais dois irmãos, identificados como “Juquinha” e “Irailton”, acusavam Franco de armar uma “emboscada” para assassinar Denis, o outro irmão do trio. O crime ocorreu no dia 11 de setembro de 2015, na Alameda Cosme Ferreira, no bairro Zumbi dos Palmares 2, na mesma zona.

Investigações

À época, a DEHS concluiu nas investigações que o ajudante de pedreiro Franco atuava no comércio de drogas na área do Armando Mendes e recrutava menores de idade para comercializar entorpecentes para ele.

Morte de Matias

A morte de Matias, conforme a DEHS, pode ter relação com vingança pela morte de Franco, mas não é descartado o possível acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas.

O imóvel onde Matias residia foi apontado por moradores como sendo uma “boca de fumo”. Câmeras de segurança nas proximidades do crime podem ajudar na identificação dos assassinos.

Na cena do crime, a irmã da vítima impediu que as equipes de reportagem fizesse imagens.

O corpo da vítima foi removido por volta de 1h ao Instituto Médico Legal (IML). A DEHS abriu inquérito policial para inícios das investigações em torno do assassinato.

 

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading