US - R$ 4,08

×

Mayc Vinícius assume que matou engenheiro, mas delegado vê contradições

Lutado de MMA prestou depoimento nesta terça-feira, 8. Ele está preso desde a semana passada

Em depoimento nesta terça-feira, 8, ao delegado Paulo Martins, titular da Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), o lutador de MMA, Mayc Vinícius, assumiu ser o autor do assassinato do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, ocorrido na noite de domingo, 29 de setembro, na casa de Alejandro Valeiko, filho da primeira-dama de Manaus, Elisabeth Valeiko.

Apesar da confissão, o delegado Paulo Martins disse que durante o depoimento de Mayc ficou evidenciado muitas contradições e informações que eram divergentes comparado aos outros depoimentos.

“Ele se contradisse em muitos momentos e não soube explicar o que aconteceu de fato. Há muito a ser esclarecido”, disse Martins.

As investigações continuam em andamento. O delegado adiantou que ainda será feita a comparação entre os depoimentos dos seis suspeitos para que seja comparado a versão de cada um e possa ser esclarecido o que realmente aconteceu na casa de Alejandro, na noite do assassinato de Flávio.

Faça um comentário