Operação 'Solimões sem Fronteira 2' cumpre mandados de prisão no Amazonas - Amazonas1
20 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Operação ‘Solimões sem Fronteira 2’ cumpre mandados de prisão no Amazonas

A ação policial pretende cumprir 48 mandados autorizados pela Justiça do Amazonas, entre prisão, busca e apreensão

Operação ‘Solimões sem Fronteira 2’ cumpre mandados de prisão no Amazonas
foto: Josemar Antunes

Mais de 300 policiais militares e civis estão nas ruas, desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira (29), cumprindo os mandados de prisão, busca e apreensão da Operação “Solimões Sem Fronteiras 2”. Deflagrada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a operação integrada entre a Polícia Civil e Polícia Militar é focada no combate ao tráfico de drogas e está ocorrendo, simultaneamente, em cinco cidades do Amazonas e em Fortaleza, no Ceará.

Sob a coordenação do secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, da delegada-geral da PC, Emília Ferraz, e do subcomandante da Polícia Militar, coronel Ronaldo Negreiros, a ação policial pretende cumprir  48 mandados autorizados pela Justiça do Amazonas, entre prisão, busca e apreensão.

Leia mais: Itacoatiara e Manacapuru mantêm bares e balneários abertos e descumprem decreto do governo

Os mandados estão sendo cumpridos em Manacapuru, Manaus, Anamã, Tefé e Caapiranga, no Amazonas, e em Fortaleza, no Ceará, onde o infrator apontado como líder de uma facção criminosa foi preso.

Logo mais, às 11h, haverá uma coletiva de imprensa no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no bairro Petrópolis, zona Centro-Sul de Manaus, para apresentar os resultados da operação.

Em sua primeira fase, em dezembro de 2019, a operação “Solimões Sem Fronteiras” efetuou 25 prisões em Manaus, Anori e Manacapuru.

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading