Polícia toma conta do bairro Crespo e faz novas incursões
25 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Polícia toma conta do bairro Crespo e faz novas incursões

Aproximadamente 70 policiais estão realizando patrulhamento 24h no Crespo, local onde 17 criminosos foram mortos

Polícia toma conta do bairro Crespo e faz novas incursões
Policiais militares durante patrulha no bairro Crespo (Carlos Bolívar/Amazonas1)

Aproximadamente mais de 70 policiais militares estão, desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 31, atuando de forma intensiva e diurna no bairro Crespo, na zona Sul de Manaus, onde aconteceu um confronto entre a PM e traficantes durante a noite de terça-feira, 29, e a madrugada de quarta-feira, 30, que deixou 17 mortos.

No local, a polícia está realizando novas incursões para monitorar o bairro. A equipe de reportagem do Amazonas1 acompanhou alguns desses policiais durante um patrulhamento em becos, no Crespo, ao longo da manhã e percebeu um cenário de medo, por parte dos moradores.

Operação da PM fazendo incursão no bairro local onde 17 traficantes foram mortos (Carlos Bolívar/Amazonas1)

“Acredito que nós podemos mudar (o cenário de medo). Os policiais militares estão aqui com o intuito de trazer confiança para os moradores ficarem tranquilos. Nosso papel é ocupar o local para trazer a paz de volta”, disse o tenente-coronel Augusto César, comandante de Policiamento de Área (CPA) Sul. 

Carros, motos e demais veículos que entram no bairro, passam por vistoria da polícia. Segundo o comandante do CPA Sul, Augusto César, a ação é uma abordagem de rotina e para a segurança da própria população.

Policiais realizando abordagem a condutor que chegava no bairro Crespo (Carlos Bolívar/Amazonas1)

Mesmo com medo de represálias de traficantes, uma mulher, que não quis se identificar, disse ao Amazonas1 que se ela e a família pudessem, já estariam vivendo em outro local. Outro morador, que também é dono de loja no bairro, informou que os comércios continuam normais, mas que a atenção é redobrada.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading