Suposto ‘olheiro’ de facção criminosa é morto com seis tiros em Manaus

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

11 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Suposto ‘olheiro’ de facção criminosa é morto com seis tiros em Manaus

O crime ocorreu no fim da tarde deste domingo, 24, na rua Nova, no bairro Raiz. A vitiam estava com um simulacro de arma de fogo

Suposto ‘olheiro’ de facção criminosa é morto com seis tiros em Manaus
Jovem foi atingido com tiros nas costas e nádegas (Foto: Divulgação)

Um suposto “olheiro de facção” foi executado com seis tiros no fim da tarde deste domingo, 24, na rua Nova, no bairro Raiz, na zona Sul de Manaus. O homem, ainda não identificado, estaria tentando cometer assaltos em posse de uma arma de fogo falsa.

Testemunhas relataram para a polícia que o jovem tentava cometer assalto na região, usando uma máscara de prevenção contra a Covid-19, quando foi reconhecido como “olheiro” de uma organização rival que atividade em outra zona da capital.

Em uma motocicleta , de modelo e placa não reconhecidas, os assassinos perseguiram a vítima e quando alcançada foi alvejada com seis tiros, sendo dois nas costas, dois no tórax e outro nas nádegas. A dupla fugiu tomando sentido ignorado e não foi reconhecida.

A ocorrência foi atendida inicialmente por policiais militares da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e atestou a morte. O local de crime ficou tomado por curiosos.

De acordo com o delegado Fábio Silva, plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a vítima estava monitorando o local e teria sido percebido por traficantes.

“A vítima estava com um simulacro, mas não descartamos a versão que estivesse praticando assaltos. Outra linha de investigação aponta que o crime tenha relação. Recebemos informações que o mesmo foi visto correndo e que veio para o local fazer trabalho de olheiro”, disse o delegado Fábio Silva.

Apos o trabalho da perícia criminal, o corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia e, posteriormente, ser reconhecido por familiares.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias