Vídeo: policiais apontam arma e agridem alunos dentro de escola
21 de janeiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Vídeo: policiais apontam arma e agridem alunos dentro de escola

Após a divulgação do caso, a Polícia Miliar decidiu afastar os policiais. Um jovem aparece recebendo chutes e sendo pressionado contra a parede

Vídeo: policiais apontam arma e agridem alunos dentro de escola
Vídeo: policiais apontam arma e agridem alunos dentro de escola (Reprodução)

Imagens divulgadas em redes sociais flagram policiais militares agredindo jovens em uma escola estadual de São Paulo.

No vídeo, que contém duração de 32 segundos, é possível ver um estudante recebendo chutes e sendo pressionado contra a parede por um policial, que o segura com as mãos.

Um outro PM chega a derrubar o jovem, que ainda é chutado no chão por um terceiro oficial. No mesmo vídeo, um outro rapaz aparece sendo imobilizado.

Nas imagens, pelo menos seis PMs aparecem participando da ação. Um deles ainda aponta uma arma em direção aos estudantes. A Ouvidoria da PM disse que pediu a “apuração rigorosa” do caso.

Veja também: Mulher tem corpo queimado por ex-namorado após se negar a fazer sexo

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública disse que vai analisar as imagens e adotar as medidas cabíveis. A Secretaria Estadual da Educação também afirmou que apura o caso e colabora com as investigações. Após a divulgação do caso, a PM decidiu afastar os policiais.

De acordo com o relato de um dos alunos, o problema teria começado quando um dos discentes que aparece sendo agredido pelos PMs percebeu que seu nome não estaria na lista de matriculados da instituição. 

Ele foi questionar a ausência de seu nome com a direção da escola, que teria pedido para ele deixar a instituição. O jovem teria se negado a sair da escola, momento em que começou um desentendimento entre o aluno e diretora. Sentindo-se ameaçada, a gestora decidiu acionar a PM.

Confira na íntegra: 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading