Deputados do AM decidem suspender recesso e manter trabalhos até dezembro - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

12 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

Deputados do AM decidem suspender recesso e manter trabalhos até dezembro

Ao anunciar o resultado da votação, Josué disse que o Poder Legislativo “vai trabalhar até dezembro sem o recesso”

Deputados do AM decidem suspender recesso e manter trabalhos até dezembro

A Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) decidiu, nesta terça-feira, 7, durante a primeira Sessão Híbrida do Parlamento, suspender o recesso parlamentar de 15 dias. Foram 14 votos à favor da continuidade dos trabalhos contra sete votos pela manutenção do recesso legislativo.

Para o presidente da Aleam, deputado Josué Neto (PRTB), a suspensão vai permitir a continuidade dos trabalhos legislativos e a análise de propostas importantes neste momento de dificuldade que o Estado está atravessando. “Nós, deputados e deputadas não poderíamos abandonar a população do Amazonas neste momento em que ainda enfrentamos os efeitos da pandemia ”, disse.

Os trabalhos e os temas que estão sendo debatidos na Casa neste período são apontados por alguns deputados que como a principal motivação para suspender o recesso. Entre eles as oitivas da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde e os debates das propostas que envolvem a abertura do mercado do gás no Amazonas.

A votação é resultado de um requerimento dos deputados João Luiz (Republicanos), Belarmino Lins (PP) e Joana Darc (PL), que pediram a continuidade dos trabalhos durante o recesso parlamentar que aconteceria neste mês de julho.

Ao anunciar o resultado da votação, Josué disse que o Poder Legislativo “vai trabalhar até dezembro sem o recesso”.

 

(*) Com informações da assessoria

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading