Na CMM, Comissão de Educação pede esclarecimentos sobre repasse do Fundeb - Amazonas1
21 de janeiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Na CMM, Comissão de Educação pede esclarecimentos sobre repasse do Fundeb

Vereadores se reuniram com a secretária da Semed para obter informações mais detalhadas sobre como será feito o pagamento do abono salarial

Na CMM, Comissão de Educação pede esclarecimentos sobre repasse do Fundeb

Vereadores que compõem a Comissão de Educação da Câmara Municipal de Manaus (Comed/CMM) reuniram-se, nesta terça-feira (24), com a secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, para obter informações mais detalhadas sobre como será feito o pagamento do abono salarial referente aos recursos repassados pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), aos profissionais da área.

A secretária confirmou o pagamento do abono, que este ano beneficiará aproximadamente 12 mil profissionais, inclusive, da educação infantil, para até antes do Natal.

Leia mais: Semed diz que é falsa lista de profissionais da educação beneficiados com Fundeb

Em princípio, a ideia é que os valores sejam incluídos na folha de pagamento de dezembro, mas, caso isso não seja possível, o mesmo será efetuado em folha extra.

A garantia do pagamento, em meio à pandemia, é explicada pela melhora na economia local, e atribuída aos resultados obtidos por Manaus, no último ranking que mede o índice de crescimento na educação e colocam a capital amazonense entre as dez melhores cidades do país no Ideb.

A reunião foi coordenada pela presidente da Comed, Professora Jacqueline (Pode), e teve as participações dos vereadores Gedeão Amorim (MDB), Fransuá (PV), Professor Samuel (PL) e Gilvandro Mota (PSDB), além  de representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (Sinteam) e o subsecretário de administração e finanças da Semed, Thiago Balbi.

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading