Carlos Souza acusa Eduardo Braga de ser o mentor do 'Caso Wallace'

US - R$ 4,18

×

Carlos Souza acusa Eduardo Braga de ser o criador do ‘Caso Wallace’

Para irmão de Wallace, senador foi o idealizador de um "complô diabólico" para prejudicar a família Souza

Em entrevista concedida, na manhã de hoje, 6, à Rede Tiradentes, o ex-vice prefeito e ex-deputado federal Carlos Souza afirmou que o senador Eduardo Braga (MDB) foi o mentor, do que ele taxou de “complô diabólico”, para incriminar seu irmão, o deputado cassado Wallace Souza.

Essa foi a primeira declaração de Carlos Souza desde que a série “Bandidos na TV”, exibida pelo canal Netflix, estreou no último dia 31.

Em respostas ao apresentador Ronaldo Tiradentes, o ex-vice prefeito disse ter dado “Graças a Deus” pela exibição da série pois, segundo ele, mostrou o outro lado, ou seja, toda a verdade do “Caso Wallace. “A série está mostrando a verdade que o meu irmão e toda nossa família fomos vítimas de uma campanha sórdida e diabólica”.

Carlos Souza lembra que tudo teve início em meados de 2008, durante a pré-campanha para as eleições municipais. De acordo com ele, nessa época, durante um comício no bairro Novo Israel, Zona Norte, Wallace chamou Eduardo Braga de “ladrão”. Nesse comício, Carlos lembra, que ele e o prefeito de Manaus na época, Amazonino Mendes, estavam presentes ao comício.

Eduardo Braga, governador à época, soube sobre o ocorrido e ligou para Amazonino e disse que era para ele (Amazonino) ter retirado o microfone da mão e repreendido Wallace. Ao mesmo tempo, Braga disse a Amazonino que “isso não ficaria assim”.

Carlos Souza lembra de outro episódio da época que, também, pode ter colaborado para a vingança contra Wallace e a família: “Recusei um convite do Eduardo Braga para ser vice na chapa que ele pretendia formar para disputar a Prefeitura naquele ano. Eu tinha 24% das intenções de votos e o Amazonino tinha 26%, por isso não aceitei ser vice dele. Eu já era do grupo político do Amazonino que me disse vamos formar uma chapa, ganhar a eleição e você vai ser prefeito de Manaus. O Eduardo Braga não gostou disso também de eu ter recusado o convite dele”.

NOTA

Por meio de sua assessoria, o senador Eduardo Braga negou mais uma vez que estivesse por trás de um complô para prejudicar Wallace e a família Souza.
Eduardo Braga reafirmou, mais uma vez, que, na época, declarou ser o “Caso Wallace” “exclusivamente um caso de Polícia e que apesar de ser governador, na época, não moveu um dedo para prejudicar quem quer que seja”.

*com informações Portal Amazonas

Faça um comentário