‘Vou lutar’, afirma Ciro sobre 2º turno das eleições de 2022

O pré-candidato disse que quer ser uma opção de voto para que os brasileiros não tenham que escolher entre 'coisa ruim e coisa pior'
Da Redação – Portal AM1*
• Publicado em 10 de junho de 2021 – 14:34
Foto: Divulgação

BRASÍLIA, DF – O pré-candidato às eleições de 2022, Ciro Gomes (PDT) afirmou que vai lutar para chegar ao segundo turno da presidência. O vice-presidente do PDT se intitula como uma terceira via para o eleitor que não queira eleger Jair Bolsonaro (sem partido) e Lula (PT), que aparecem no topo das pesquisas.

Para ele, as próximas eleições vão ser vantajosas para o partido, e ainda deseja disputar a presidência por “obrigação moral” para dar uma nova opção de candidato ao Brasil, que de acordo com ele, não tenha que escolher entre “coisa ruim e coisa pior”.

Sendo crítico dos governos Lula e Bolsonaro, o candidato explicou que o Brasil é visto como “marginal” no exterior devido à administração dos dois governos. Ciro ainda fez um apelo aos brasileiros para que os candidatos sejam cobrados para refletir sobre as causas que fizeram o Brasil chegar à “tragédia.”

Leia mais: Pesquisa mostra Bolsonaro e Lula empatados no 1° turno

Ciro ainda acredita que a vitória de Bolsonaro em 2018 não ocorreu por conta da capacidade do presidente, mas sim porque a população estava revoltada com os governos do PT. “Mas agora vamos deixar por menos só porque o Bolsonaro está traindo a sociedade brasileira?”, questionou.

Ele acredita que se a população não buscar novas alternativas para governantes, a disputa no segundo turno ficará entre Lula e Bolsonaro. “Vamos mandar os dois brigarem lá fora e restabelecer um ambiente de compreensão, amor e diálogo. É por isso que eu vou lutar”, disse.

(*) Com informações do Uol

‘Vou lutar’, afirma Ciro sobre 2º turno das eleições de 2022

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap