US - R$ 3,86

×

Mulher tem filho em corredor de Maternidade em Manaus

A mulher chegou à unidade de saúde já em trabalho de parto, mas os médicos haviam afirmado que tudo não passava de contrações


Uma jovem deu à luz no corredor da Maternidade Ana Braga, na madrugada de terça-feira, 1º de janeiro. A mulher chegou à unidade de saúde já em trabalho de parto por volta de 3h e não conseguiu atendimento médico até o nascimento da criança, quase duas horas depois.

O irmão da paciente contou que ao chegar no hospital, foi informado por um médico obstetra que as contrações que a mulher sentia era normal. Com o passar do tempo, a jovem ainda chamou por três vezes o médico, que segundo o acompanhante, a ignorou.

(Foto: Reprodução)

A equipe de reportagem do Amazonas 1 entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde (Susam), mas até o fechamento desta edição, não obtivemos respostas. O espaço continuará aberto para futuro posicionamento.

Outro Caso

Há menos de duas semanas outro caso parecido foi registrado na Maternidade Ana Braga, no último dia 27 de dezembro de 2018, uma gestante também deu a luz no corredor da unidade hospitalar.

De acordo com informações do acompanhante da mulher, logo que deram entrada na maternidade, a mulher solicitou atendimento de urgência, mas ouviram a afirmartiva de que eles (os médcos) “não podiam fazer nada e que eles tinham que esperar”. A mulher acabou iniciando o trabalho de parto no corredor da maternidade.

Neste caso a Secretaria de Estado de Saúde (Susam), informou por meio de nota que a mulher chegou na maternidade já em trabalho de parto e foi prontamente atendida pela equipe médica e que, enquanto aguardava uma nova avaliação, o bebê nasceu.

A Susam ainda acrescentou dizendo que a criança e a mãe receberam atendimento por enfermeiros obstretas após o nascimento e que coontinuam internados, ambos passam bem. A secretaria negou a informação de que o bebê teria caído no chão.

Faça um comentário