MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Augusto Cury discursa sobre a ansiedade coletiva: ‘O normal é ser estressado’

• Publicado em 17 de maio de 2017 – 23:11
“Quem não é um pouco ansioso, minimamente, não consegue ser uma pessoa empreendedora”, afirma Cury. (Foto: Carol Caminha/ Gshow)

O tema do Conversa com Bial desta quarta-feira (17) vai deixar muito gente ansiosa, literalmente. O assunto? Ansiedade, o mal do século XXI. “Estamos vivendo uma sociedade altamente ansiosa”, destaca o médico psiquiatra Augusto Cury. Porém, ele diz que sem ela não teríamos a curiosidade, a vontade de empreender, de se apaixonar.

No meio do papo, Augusto Cury provoca a plateia: “Quem tem dificuldade de lidar com pessoas lentas?”. Metade da plateia levanta a mão. Então, ele responde: “Não são as pessoas que são lentas. Vocês que são acelerados demais. E o problema é que toda pessoa acelerada quer estressar todo mundo ao redor”.

Tony Belloto é convidado para a conversa e assume que é completamente ansioso, mas que usa a ansiedade para o bem. “Acho que a gente precisa da ansiedade. Ela nos deixa alerta. A ansiedade me ajuda, mas em outras pessoas é uma doença que precisa ser tratada”, constata e complementa, dizendo que o estado de melancolia é extremamente importante para seu processo de criação.

Augusto concorda com a afirmação do cantor: “Eu uso a solidão como processo criativo, mas quando a solidão é intensa, ela é tóxica”.

Fonte: Gshow

 
 

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap