Manaus, 13 de julho de 2024
×
Manaus, 13 de julho de 2024

Cidades

Bando apontado como autor do roubo dos cabos no Parque Gigantes da Floresta é preso

A ação dos policiais da Derfd foi elogiada pelo prefeito David Almeida, que fez questão de agradecer pelo "excelente trabalho de investigação," que resultou na prisão de uma quadrilha.

Bando apontado como autor do roubo dos cabos no Parque Gigantes da Floresta é preso

(Fotos: Divulgação/Arte AM1)

Manaus (AM) – Carlos Martins de Souza, 49 anos, foi preso neste sexta-feira (14). Segundo a polícia, ele foi indiciado por receptação qualificada de cabos de energia que alimentavam o parque Gigantes da Floresta, localizado na zona Norte da capital. Foram detidos também outras quatro pessoas apontadas como autores do roubo do material, sendo um deles, um adolescente.

A ação dos policiais da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) foi elogiada pelo prefeito David Almeida, que fez questão de agradecer pelo “excelente trabalho de investigação,” que resultou na prisão de uma quadrilha.

“O roubo de cabos é um grande prejuízo, como o que aconteceu no parque Gigantes das Floresta. Agradeço aqui à Polícia Civil pelo empenho na solução deste caso e identificação dos responsáveis. Alerto também à comunidade que em suspeita de roubos ou depredações do patrimônio público denunciem às autoridades competentes, para podermos coibir esses tipos de crime que só trazem prejuízos ao povo de Manaus”, destacou o prefeito de Manaus.

Conforme o delegado Thomaz Vasconcelos, com as investigações foi possível localizar e prender os criminosos.

“Eles confessaram o crime e informaram o local onde estava sendo vendido o material roubado”, disse o delegado.

Vale destacar que o prefeito David anunciou que iria pagar uma recompensa de R$ 2 mil para quem fornecesse informações sobre os criminosos, que atuaram na noite do dia 30 de junho. Após tomar conhecimento de que um grupo de pelo menos seis homens teria rendido o segurança do local e roubado uma peça de 14 metros de um cabo de alimentação de 185 milímetros, cujo valor informado é que ultrapassava R$ 2 mil reais, o prefeito lançou o desafio.

O cabo serve para instalações de luz e força em prédios ou empresas e indústrias, por meio de entradas subterrâneas de energia, como a obra do parque.

“Você porventura que for visitado por alguém para comprar esse cabo, ele é roubado, furtado. Vou dar um prêmio de R$ 2 mil para você denunciar para Secretaria Municipal de Segurança Pública, e nós vamos chegar até você que roubou esse cabo”, disse o prefeito num vídeo gravado no parque e publicado nas redes sociais.

LEIA MAIS:

PMs são presos, em Manaus, suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas