BBB 21: Fora da casa, Nego Di fala de manipulação no reality - Amazonas1
22 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

BBB 21: Fora da casa, Nego Di fala de manipulação no reality

"A real é que eu tô cansado de evitar falar da Globo, de passar pano. Tá demais. F*da-se que tem contrato", diz Nego Di

BBB 21: Fora da casa, Nego Di fala de manipulação no reality
Foto: reprodução/Instagram

Em seu Instagram pessoal, Nego Di, terceiro eliminado do “BBB 21”, expôs suas visões sobre o reality e apontou uma suposta manipulação. O humorista também reagiu a Lucas Penteado no “Altas Horas”.

“A real é que eu tô cansado de evitar falar da Globo, de passar pano. Tá demais. F*da-se que tem contrato. Azar. Eu não era chamado no confessionário. Precisei de remédio, tava com a unha encravada, fiquei três dias batendo na porta do confessionário. Quando eu pedi ajuda no raio-x, fui xingado. ‘Ah, tem que pedir depois do raio-x’. ‘Mas tô três dias pedindo, tô com unha encravada, tô f*dido’. As pessoas trocavam microfone quatro vezes no dia, eram chamadas no confessionário e voltavam pareciam que tinham sido benzidas, voltavam uma pessoa mais equilibrada, de luz, sensitiva”, disse.

“Eu quero entender. As piadas que eu contei não apareceram, os conselhos que eu dei antes de virar as costas pro Lucas não apareceram. Aí eu vi gente que falou ‘não, mas eu tava no Pay-Per-View 24h’. Mano, quem vê o Pay-Per-View sabe: do nada tá filmando, troca de câmera, corta, em tempo real. Fora as edições que vão pra Globo. Ninguém é 100% ruim nem 100% bom. Só que em determinado momento parece que não vale a pena pra eles mostrar o lado bom porque estraga o personagem que eles criaram do vilão. Quando aparece o Projota, quando aparece a Lumena, quando eu aparecia, rolava até trilha sonora. Eles fizeram uma novela. Essa é a grande verdade”.

Lucas expulso?

“Aí eu entro no confessionário logo depois que um cara [Lucas] é expulso da casa, porque eles vendem que ele pediu pra sair, mas ele foi expulso”, afirmou, sobre o dia em que Lucas chamou a produção após se magoar com outros participantes, pedindo para sair do programa.

“Eu fui chamado no confessionário onde eu ouvi assim: ‘mano, esqueça esse assunto, não fala mais disso. Aja assim, assim, assado. O cara era um monstro quando bebia, tal tal tal’. Quando uma pessoa te fala isso, te leva a crer que ‘mano, estou agindo certo. O Brasil todo tá vendo a parada do jeito que eu tô vendo’. E eu vou continuar errando. Não valia a pena mostrar as minhas coisas boas? As conversas legais, as coisas legais que eu fiz? Eu contei meio show de stand up lá”.

Eu lancei música quando tava lá dentro, cantei, as meninas fizeram coreografia e não tem [registros]. 10 pessoas na minha equipe, cada um monitorando uma televisão, não me achavam

“Tô dentro de uma casa que tem câmera pra c*ralho, que eu sei que milhões de pessoas tão me vendo, eu vejo um cara apontar dedo na cara de mina, fazer mina chorar, ser agressivo pra cacete, eu sou dupla pra esse cara, dou conselho e não muda, me afasto. O que eu imagino? Se esse cara faz isso na frente de câmera, o que ele não faz longe, quando não tem ninguém vendo? Aí saio aqui e essa palhaçada de estar comprando um ‘coitadismo’ do c*ralho. Eu não sou coitado. Eu erro, errei, vou errar mais ainda porque eu sou um ser humano, tenho só 26 anos, mas eu não sou coitado, não. O que eu tenho, eu trabalhei pra c*ralho [para ter], não ganhei nada de ninguém. Não tive quase oportunidade nenhuma”.

Entrei lá pra ajudar minha família, saio, vejo que os caras fizeram uma novela, uma palhaçada da nossa vida. Eu tô louco que o Projota saia, eu quero ver isso aí

“Eu cansei. Já pedi desculpas pelo erro que eu cometi. Eu sei o que eu vi e o que eu vivi e eu sei principalmente o que eu vivi lá dentro e que eles não quiseram mostrar pra vocês. Tem edição no Pay-Per-View em tempo real. Eu caminhei na casa e vi câmera virando pra parede. Vi e vivi coisa que não saiu aqui na rua. Eu tô só esperando o resto [dos participantes] sair porque eles vão estar junto comigo. Sabendo do que eu vivi real, não vou ficar passando pano pra emissora. F*da-se. Vou chutar o balde”.

“E outra: quiseram fazer a gente se matar entre nós. Botaram meia casa os pretos um contra o outro. Escolheram a dedo, certinho. Venderam uma parada que não existia”, acrescentou. Nego Di ainda falou que está montando um show no qual contará mais sobre suas experiências no programa.

(*) Com informações UOL

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]