Benjamin Constant recebe vacina para público indígena - Amazonas1
4 de março de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Benjamin Constant recebe vacina para público indígena

Benjamin Constant está entre os quatro municípios que receberam as maiores quantidades de doses da vacina

Benjamin Constant recebe vacina para público indígena

Após receber 15.255 doses da Coronavac, a Prefeitura de Benjamin Constant iniciou na tarde desta quarta-feira (20), a Campanha de Vacinação dos grupos prioritários, em cerimônia na recepção do Hospital Dr. Melvino de Jesus.

Localizado na fronteira com o Peru e via fluvial com Colômbia, o município de Benjamin Constant está entre os quatro municípios que receberam as maiores quantidades de doses da vacina previstas para todo o estado do Amazonas.

O indígena tikuna José Demétrio, de 78 anos e a técnica de enfermagem Marcilane da Silva, que trabalha na ala de isolamento do hospital da cidade, receberam as primeiras doses de imunização e abriram o cronograma da primeira fase de vacinação no município. Para o povo Tikuna, a vacinação será coordenada pelo serviço de saúde indígena.

Leia mais: TCE-AM quer lista com nomes de pessoas vacinadas em Manaus

O prefeito de Benjamin Constant, David Bemerguy, está esperançoso pelo envio de novos lotes da vacina. “A vacina é uma grande esperança. Mas nós vamos continuar trabalhando, lutando para ampliar esse sistema da imunização para a maioria dos benjaminenses, que for possível. Além disso, vamos continuar com todo nosso trabalho de prevenção”, disse.

Atendimento de UBS ampliado

David Bemerguy informou que a Unidade Básica de Saúde Sebastião Cruz Plácido irá funcionar de segunda a domingo para atender às pessoas que estão com sintomas da COVID-19. A UBS é considerada referência no município.

O prefeito também lembrou que a circulação de embarcações também está suspensa, exceto aos casos excepcionais justificados. “Para profissionais da saúde, policiais militares, imprensa, pessoas que nasceram em Benjamin Constant e pessoas que precisam sair do município com urgência para ser atendido em outro hospital, que precisa ter uma solicitação do exame, o Porto de BC estará aberto. Entrando ou saindo, as pessoas passarão por uma triagem e precisarão dar uma justificativa. Nos casos de pessoas que querem comprar ou entregar algum material no município, fora do horário ou sem passar na triagem, serão impedidos e terão os produtos apreendidos”, concluiu David Bemerguy.

 

*Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading