MENU

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Comerciante é morto a sangue frio após discutir com clientes que não queriam usar máscara

O comerciante afirmou que o atendimento sem máscara de proteção geraria multa ao estabelecimento e pediu que os clientes se retirassem do local
• Publicado em 24 de março de 2021 – 10:25
Foto: Divulgação / Polícia Civil SC

ITAPEMA – Um comerciante identificado como Daniel Pereira Santos, 24, foi assassinado após pedir para que três clientes utilizassem a máscara de proteção no estabelecimento em que trabalhava. O crime aconteceu na noite da última segunda-feira (22) em Itapema, litoral norte de Santa Catarina

De acordo com a mãe do rapaz, o filho se recusou a atender o grupo sem o uso de máscara e pediu para que o trio se retirasse do local, pois geraria multa ao estabelecimento. Um dos suspeitos discutiu com Daniel e, mesmo irritado, efetuou a compra de bebidas alcoólicas e deixaram o comércio.

Leia mais: Centrais sindicais se reúnem e convocam lockdown nacional para esta quarta-feira

Ainda de acordo com ela, o suspeito voltou ao comércio por volta das 19h20 e efetuou os disparos contra a vítima. O suspeito disparou três vezes e atingiu o pescoço de Daniel. O rapaz chegou a ser socorrido no local pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Hospital Santo Antônio de Itapema.

Daniel deu entrada a unidade de saúde sem vida. O rapaz trabalhava junto com o pai no estabelecimento e morreu na frente dele.

Os vizinhos informaram que os suspeitos fugiram em um carro modelo Fiat Uno de cor escura. A Polícia Civil catarinense investiga o caso.

Leia mais: Máscara antiviral? Desenvolvida na UnB, máscara que inativa coronavírus está em teste

(*) Com informações do Uol

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap