Covid-19: Benjamin Constant vacina profissionais da área da segurança - Amazonas1
21 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Covid-19: Benjamin Constant vacina profissionais da área da segurança

O município já se encontra na segunda fase de imunização contra a Covid-19

Covid-19: Benjamin Constant vacina profissionais da área da segurança
Foto: Divulgação

O município de Benjamin Constant, a 1.119 quilômetros de Manaus, é o primeiro do Amazonas a imunizar profissionais da segurança pública, que atuam na linha de frente do combate ao Coronavírus.

De acordo com o Vacinômetro da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), com dados atualizados neste domingo (28), a primeira dose da vacina já atingiu 71,2% dos grupos prioritários. Com a ampliação da vacinação, a Secretaria de Saúde pretende imunizar cerca de 130 profissionais da área de segurança e salvamento.

A decisão partiu após avaliação do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19.

Leia mais Covid-19: Amazonas alcança marca de 287.697 doses aplicadas

“Decidimos incluir esses profissionais porque também são importantes para o enfrentamento à pandemia. Esperamos que os estados e o Brasil também avancem na vacinação desse grupo, porque trabalham diariamente se expondo, esperamos que a realidade de Benjamin se torne realidade em todo o Brasil para esses profissionais”, disse o prefeito David Bemerguy.

A Coordenadora municipal do Plano Nacional de Imunização (PNI), Sandy Helena Silva Graça, explicou que as doses aplicadas não interferem na meta de vacinação do município, já que Benjamin Constant possui lotes suficientes de vacinas para todos os grupos de risco.

“Como já estamos na segunda fase de imunização e o público a partir de 60 anos já recebeu as doses, decidimos estender a vacinação também para o público de segurança e salvamento do município, que nesse momento realiza um trabalho essencial de fiscalização e orientação, com risco de exposição direta ao vírus”, explicou a Coordenadora

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]