Em Marrakesh, Brasil termina Grand Prix de Judô sem nenhuma medalha - Amazonas1
21 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Em Marrakesh, Brasil termina Grand Prix de Judô sem nenhuma medalha

Medalhista de bronze em Olimpíadas, Guilheiro foi desclassificado do confronto com o espanhol Urquiza porque sofreu três punições por falta de combatividade

Em Marrakesh, Brasil termina Grand Prix de Judô sem nenhuma medalha

Os representantes do Brasil tiveram eliminações precoces no segundo dia de competições do Grand Prix de Judô em Marrakesh, no Marrocos. Neste sábado, Leandro Guilheiro (81Kg) e Jéssica Santos (70Kg) caíram na primeira rodada de suas categorias, enquanto Amanda Oliveira (70Kg) venceu uma luta, mas perdeu nas oitavas de final.

Duas vezes medalhista de bronze em Olimpíadas, Guilheiro foi desclassificado do confronto com o espanhol Alfonso Urquiza porque sofreu três punições por falta de combatividade. Jéssica perdeu na estreia após sofrer ippon da holandesa Hilde Jager.

Duas vezes medalhista de bronze em Olimpíadas, Guilheiro foi desclassificado do confronto com o espanhol Alfonso Urquiza. (Paul Sancya/AP/VEJA)

Amanda até conseguiu passar da primeira fase, graças a um wazari aplicado na eslovena Anka Pogacnik, suficiente para garantir o triunfo ao final do tempo de luta. A brasileira abriu a mesma vantagem nas oitavas, contra a francesa Margaux Pinot, mas foi derrotada por finalização via chave de braço.

A delegação brasileira vai embora de Marrakesh sem conquistar nenhuma medalha, já que Gabriela Chibana (48kg) e Ítalo Carvalho (60kg) foram eliminados nas oitavas de final, na sexta-feira. Ao todo, o representantes do Brasil somaram duas vitórias e cinco derrotas.

 

(*) Com informações da Estadão Conteúdo

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]