Em Nova Olinda do Norte, operação apura retenção de cartões de programas sociais - Amazonas1
22 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Em Nova Olinda do Norte, operação apura retenção de cartões de programas sociais

Estão sendo cumpridos nove mandados de busca e apreensão desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (26)

Em Nova Olinda do Norte, operação apura retenção de cartões de programas sociais
(Foto: Divulgação/ Secom)

A Polícia Civil e a Polícia Militar do Amazonas deflagraram a operação “Livre Arbítrio” para apurar a retenção de cartões de beneficiários de programas sociais, como o “Auxílio Emergencial” e o “Bolsa Família”, por comerciantes em Nova Olinda do Norte (a 135 quilômetros de Manaus). Estão sendo cumpridos nove mandados de busca e apreensão desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (26).

Com coordenação da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a operação é comandada pelo Departamento de Polícia Civil do Interior, com participação da Polícia Militar, através do Batalhão de Choque e da Companhia de Operações Especiais (COE).

Leia também: PM detém 20 pessoas em festa clandestina no condomínio Morada do Sol

Segundo as investigações, comerciantes da cidade seguram os cartões de benefícios sociais de consumidores como forma de assegurar o pagamento por compras realizadas ao longo do mês.

“O objetivo é dar enfrentamento a essa prática ilegal de retenção de cartões magnéticos, de auxilio emergencial, cartão bancário, de pessoas idosas e com deficiência, além da apropriação indébita. Tem dois crimes que vêm sendo praticados de forma corriqueira e, estamos juntos, Polícia Civil, Polícia Militar e Ministério Público, agindo para coibir essa prática ilegal”, afirmou o diretor do Departamento de Polícia do Interior, delegado Bruno Fraga. Mais detalhes sobre a operação serão divulgados ao longo do dia.

 

*Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]