Manaus, 13 de junho de 2024
×
Manaus, 13 de junho de 2024

Brasil

Ex-ministro da Fazenda do governo Temer, Eduardo Guardia, morre aos 56 anos

A causa da morte ainda não foi divulgada. Em nota, o Ministério da Economia lamentou a perda

Ex-ministro da Fazenda do governo Temer, Eduardo Guardia, morre aos 56 anos

Eduardo Refinetti Guardia - Foto: BBC BRASIL

O ex-ministro da Fazenda e CEO da BTG Pactual Asset, Eduardo Refinetti Guardia, morreu nesta segunda-feira (11), aos 56 anos. A informação foi confirmada pela assessoria do BTG. Guardia ocupou o cargo de chefe do Ministério da Fazenda nos últimos seis meses do governo do ex-presidente Michel Temer.

Ele assumiu o comando da pasta após a saída do ex-ministro Henrique Meirelles, por ser secretário executivo na época. Desde 2019, Guardia ocupava o posto de CEO do BTG. No cargo, foi visto como um profissional linha dura no sentido de não permitir a expansão dos gastos públicos.

Leia mais: Forças Armadas aprovam compra de mais de 35 mil comprimidos de Viagra

Durante o desempenho das funções, ele prezou pela produtividade dos órgãos públicos e foi elogiado pela área técnica do governo por não permitir ingerência política. O maior desafio de sua gestão ocorreu em maio de 2018, com o início da greve dos caminhoneiros. Ele foi um dos negociadores para acabar com a mobilização nacional, que gerou baixas elevadas na economia.

A causa da morte ainda não foi divulgada. Em nota, o Ministério da Economia lamentou a perda. “Durante sua trajetória pública, a atuação de Guardia foi fundamental na construção de soluções importantes para a economia brasileira. O ex-ministro sempre se notabilizou pelo trabalho incansável, a gentileza no trato e o permanente espírito público, inspirando todas as equipes que liderou. O ministro Paulo Guedes relembrou a capacidade de diálogo de Guardia, que contribuiu de forma relevante para a troca de informações institucionais no período de transição de governo”, informou a pasta.

Com informações do R7