Fluminense joga mal, mas vence Sport e segue na briga por vaga na Libertadores - Amazonas1
7 de março de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Fluminense joga mal, mas vence Sport e segue na briga por vaga na Libertadores

A vitória mantém o Fluminense na sétima colocação do Campeonato Brasileiro, agora com 46 pontos conquistados

Fluminense joga mal, mas vence Sport e segue na briga por vaga na Libertadores
Foto: Mailson Santana / Fluminense

Com um homem a mais em boa parte do jogo, o Fluminense jogou mal no Estádio Nilton Santos, mas venceu o Sport por 1 a 0, neste sábado (16), com gol de Lucca, e segue na briga por vaga na Libertadores.

A vitória mantém o Flu na sétima colocação do Campeonato Brasileiro, agora com 46 pontos, e aguarda o fim da 30ª rodada para saber a diferença para o G-6. Já o Sport fica nos 32 e pode até voltar ao Z-4 no fim de semana.

O primeiro tempo do Fluminense foi bem fraco. Não fosse uma bicicleta de Fred, o ataque não teria nem sequer incomodado Luan Polli. Na verdade, o lance resgatou muito mais as memórias dos tricolores do que de fato deu trabalho ao Sport. Em 2011, o camisa 9 marcou um de seus mais belos gols pelo clube em jogada bem parecida, contra o Coritiba.

Com três volantes e marcando quase sempre com todos os jogadores em seu campo de defesa, o Sport esperava o lento Fluminense girar a bola de maneira estéril para partir no contra-ataque com velocidade. Em um erro, aos 30, o Leão quase abriu o placar: Dalberto recebeu de Raul Prata e chutou forte, mas Luccas Claro salvou o Tricolor.

Leia mais: CSA lança camisa especial para ajudar na campanha SOS Manaus

Se não jogava bem, o Fluminense ao menos contou com a sorte no Nilton Santos. Aos três minutos da segunda etapa, Calegari avançou pela direita e cruzou bem para Lucca, que cabeceou com força. A bola iria para fora, mas desviou em Patric e saiu do alcance de Luan Polli. Com o placar aberto, o Tricolor melhorou no jogo e quase ampliou. Aos oito, Fred deu lindo passe para Michel Araújo, que tirou do goleiro, mas acertou o travessão. Depois, aos 12, Danilo Barcelos bateu escanteio, Matheus Ferraz se antecipou e tirou tinta da trave do Sport.

Atrás no placar, o Sport não teve outra alternativa que não fosse atacar o Fluminense, mesmo com a desvantagem numérica. Com o Tricolor mais preocupado em manter a posse de bola e não correr riscos, a pedido de Marcão, o Leão foi para cima. Aos 19, Patric cobrou falta na área e Dalberto cabeceou no travessão. Na sobra, Ferraz cortou finalização do atacante. Depois, aos 24, o mesmo Dalberto carregou da esquerda para o meio e soltou uma bomba que assustou Marcos Felipe.

 

(*) Com informações da Folhapress

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading