MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Idoso é suspeito de abusos sexuais contra cinco meninas em Goiás

Fazendeiro de 63 anos teria praticado abusos contra meninas, em especial com grau de parentesco com ele; homem está preso em Bela Vista
Da Redação – Portal AM1
• Publicado em 03 de outubro de 2021 – 14:37
Idoso é suspeito de abusos sexuais contra cinco meninas em Goiás
Divulgação/PCGO

Goiânia – Um idoso de 63 anos é suspeito de ter abusado sexualmente de, ao menos, cinco crianças em Goiás. Adelirton Jerônimo do Nascimento foi preso na última sexta-feira (1°/10) em Bela Vista de Goiás, cidade distante 50 quilômetros da capital. No último caso em questão, ele é investigado pelo crime de estupro de vulnerável praticado em face da menor de 14 anos, mas que tinha apenas nove anos na época do crime.

De acordo com a Polícia Civil de Goiás (PCGO), o homem praticou o ato em ocasião em que a criança foi passear em sua fazenda, localizada no município. A menina, conforme relata a delegada Magda D’Ávila, criou coragem de denunciar o idoso após tomar conhecimento de outras vítimas do mesmo autor em diferentes locais.

Até agora, a polícia investiga, além deste caso, outras três acusações contra o fazendeiro. Uma das vítimas seria uma menina parente do investigado, que teria sido vítima de abusos dos cinco aos 14 anos de idade em Goiânia. Uma vizinha do autor à época, conforme a polícia, teria sido vítima aos 13 anos de idade em Aparecida de Goiânia.

Leia mais: Queda de avião na Itália mata oito pessoas, entre elas uma criança

Outra parente, segundo a investigação, teria sido vítima de abusos por 12 anos, sendo que o primeiro abuso teria ocorrido quando contava com apenas 10 anos na capital. O mesmo fato teria se repetido com mais uma menina com grau de parentesco, também vítima pela primeira vez aos 10 anos de idade, em Goiânia.

Devido à quantidade de vítimas que surgiram em cidades diferentes e ao tempo transcorrido sem que nenhuma vítima tivesse denunciado, a delegada considera que podem existir outras vítimas. Nesse sentido, a foto do autor está sendo divulgada, de acordo com a Portaria nº 547/2021 da Polícia Civil de Goiás e Lei 13.869.

(*) Com informações do Metrópoles

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap