Manaus, 16 de julho de 2024
×
Manaus, 16 de julho de 2024

Cidades

Investigador que deu soco em mulher, em Pauini, pode ser exonerado

Segundo o advogado criminalista Vilson Benayon, além de ser afastado do cargo, o investigador responderá pelo crime de abuso de autoridade.

Investigador que deu soco em mulher, em Pauini, pode ser exonerado

(Fotos: Reprodução/Redes sociais - @occhi_dambra/Divulgação - Assessoria)

Pauini (AM) – O investigador de Polícia Civil do Amazonas, suspeito por agredir uma mulher com um soco no rosto, no município de Pauini, no último sábado (15), pode ser exonerado do cargo, como explicou o advogado criminalista, Vilson Benayon, ao Portal AM1, nesta segunda-feira (17).

“O investigador da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) foi afastado das funções após ser acusado de agredir uma mulher no município de Pauini. Nesse sentido, a Corregedoria-Geral da Polícia Civil conduzirá as investigações para a adequada apuração dos fatos, por meio de processo administrativo disciplinar, o qual poderá, sim, ser exonerado. Ele responderá pelo crime de abuso de autoridade”, disse o especialista à reportagem.

Conforme vídeos compartilhados nas redes sociais pelo primo da vítima, identificado como Efraim Oliveira, o investigador, que exercia função de delegado, teria desferido um soco no rosto da mulher e ainda teria incentivado outro homem, que seria o seu cunhado, a fazer o mesmo.

Ao Portal AM1, nesta segunda-feira (17), Oliveira afirma que a motivação das agressões é resultado de “politicagem”, pois, segundo ele, a jovem é líder de oposição no município contra o atual prefeito de Pauini, Renato Afonso (UB), e denuncia o que acredita estar errado na gestão do chefe do Executivo municipal.

Isso, portanto, seria motivo suficiente para as agressões, já que a companheira do investigador é indicada do prefeito para um cargo de confiança. No entanto, o caso precisa ser investigado.

 

LEIA MAIS: