Mostra de filmes nacionais celebra 200 anos da independência 

A mostra 200 Anos da Independência em 200 Filmes acontece do dia 2 a 30 de junho
DA REDAÇÃO – PORTAL AM1
Publicado em 29/05/2022 09:24
São Paulo - Monumento à Independência do Brasil no Parque da Independência, em Ipiranga.

Para celebrar o bicentenário da Independência da República, a ser comemorado no dia 7 de setembro, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo promove mostra gratuita de cinema em formato híbrido. A mostra 200 Anos da Independência em 200 Filmes acontece do dia 2 a 30 de junho.

Leia mais: Heartstopper é renovada para mais duas temporadas

Serão apresentados 200 filmes nacionais, sendo 100 deles curtas e, o restante, longas. Segundo a secretaria, o festival vai incluir diversos períodos e movimentos do cinema nacional, como as chanchadas, o Cinema Novo, a Boca do Lixo e o Cinema de Retomada, além da produção atual. “Nada mais significativo do que apresentar ao público, dentro da comemoração do Bicentenário, uma mostra retrospectiva que refaz a trajetória do nosso cinema, com clássicos de todos os movimentos, estilos e gêneros”, disse o secretário Sérgio Sá Leitão.

Os filmes online poderão ser vistos gratuitamente na plataforma #CulturaEmCasa. Já os presenciais estarão sendo exibidos no Cine Petra Belas Artes, na Rua da Consolação, na capital paulista, a preços populares. Para o festival, o Petra Belas Artes reservou a sala 4, promovendo quatro sessões diárias.

Na abertura do festival será apresentado o filme Um Broto Legal, dirigido por Luiz Alberto Pereira, uma cinebiografia da cantora Celly Campello, famosa pelas músicas Banho de Lua e Estúpido Cupido. O filme será exibido no Petra Belas Artes no dia 31 de maio, às 19h.

Entre os destaques da mostra está Ganga Bruta, de Humberto Mauro; Rio, 40 Graus, de Nelson Pereira dos Santos; O Assalto ao Trem Pagador, de Roberto Farias; À Meia-Noite Levarei Sua Alma, de José Mojica Marins; Cabra Marcado Para Morrer, de Eduardo Coutinho, e Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert.

*Com informação da Agência Brasil 

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS