Funcionário de restaurante em shopping é preso por furtar alimentos - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

7 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

Funcionário de restaurante em shopping é preso por furtar alimentos

Segundo o delegado, Manoel recebeu voz de prisão e foi autuado, em flagrante, por furto qualificado com abuso de confiança

Funcionário de restaurante em shopping é preso por furtar alimentos
Prédio da Derfd (Foto: Divulgação/PC-AM)

Manoel Silva Campos, 39, acusado de furtar pacotes de frango do próprio local de trabalho, foi preso na noite dessa quarta-feira, 1º, por policiais civis da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd). O fato ocorreu em um restaurante situado nas dependências de um shopping, no bairro Parque Dez de Novembro, zona Centro-Sul de Manaus.

De acordo com o delegado Aldeney Goes, titular da Derfd, os furtos cometidos por Manoel causaram um prejuízo de pelo menos R$ 8 mil ao estabelecimento. Em outras ocasiões, por exemplo, câmeras de segurança já tinham registrado o infrator subtraindo peças de carne bovina do local. As diligências em torno do caso iniciaram depois que os administradores do restaurante fizeram uma auditoria interna.

Delegado Aldeney Goes, titular da Derfd (Foto: Divulgação/PC-AM)

“Após constatarem que parte dos alimentos da despensa estava desaparecendo, sem que tivesse sido sequer preparada e vendida aos clientes, os administradores do restaurante acionaram a nossa equipe. Diante disso, iniciamos os procedimentos de investigações e conseguimos surpreender o funcionário em questão, no momento que ele estava em posse de quatro pacotes de frango, que haviam sido subtraídos do restaurante”, explicou Goes.

Segundo o titular da DERFD, por ser funcionário da empresa e ter acesso integral ao local onde eram armazenados os alimentos, Manoel recebeu voz de prisão e foi autuado, em flagrante, por furto qualificado com abuso de confiança.

Procedimentos

Após os trâmites cabíveis na unidade policial, o indivíduo será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde deverá passar por audiência de custódia via videoconferência.

 

(*) Com informações da assessoria

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading