Policiais militares fazem parto de jovem de 23 anos na zona Norte - Amazonas1
28 de fevereiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Policiais militares fazem parto de jovem de 23 anos na zona Norte

A guarnição precisou utilizar uma rede para transportar a mãe e a criança até o carro, visto que a moça morava no 2° piso da casa e o corredor era muito estreito

Policiais militares fazem parto de jovem de 23 anos na zona Norte
(Foto: Stock.xchng / Divulgação)

Policiais militares da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) socorreram uma mulher grávida de 23 anos, que estava em trabalho de parto, e auxiliaram no nascimento do bebê, na última quarta-feira (20). O fato ocorreu na zona Norte de Manaus.

Por volta das 9h, a equipe policial se deslocava para verificar a localização de um veículo roubado quando se deparou com várias pessoas pedindo socorro e apontando em direção a uma residência, onde uma mulher estaria entrando em trabalho de parto. Ao chegar ao local, os policiais de fato encontraram a mulher sentindo muita dor e sangrando.

Leia também: Homem é preso em flagrante por estrupo contra uma menor em Manacapuru 

Diante da situação, a equipe realizou o parto da moça. Quando a criança nasceu, foi colocada no peito da mãe, que estava desmaiada e foi submetida a procedimentos de reanimação pela equipe, com sucesso. O bebê, que não havia chorado durante seu nascimento, recebeu massagem da equipe policial até que chorasse.

A guarnição precisou utilizar uma rede para transportar a mãe e a criança até o carro, visto que a moça morava no 2° piso da casa e o corredor era muito estreito.

Na viatura, a mulher e o bebê foram conduzidos até a maternidade Azilda Marreiro, no conjunto Galileia, onde receberam os devidos cuidados médicos necessários.

 

*Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading